A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF), junto a outras instituições, têm reivindicado o retorno de audiências e de julgamentos presenciais nos órgãos de Justiça do Distrito Federal e Tocantins. Aos poucos os pedidos estão sendo atendidos. “Nesta quinta-feira (5/11), o Núcleo de Audiências de Custódia (NAC) do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) retoma as audiências presenciais, o que é mais uma vitória para a advocacia, para a OAB/DF, para a OAB/TO e para a AATDF”, comemora o presidente da OAB/DF, Délio Lins e Silva Jr.

O retorno se dá após medidas de adaptações nas instalações do NAC. O que visa respeitar rigorosos protocolos de segurança sanitária para que todos que forem ao núcleo tenham a saúde preservada. Essa retomada segue, ainda, um calendário de retorno gradual das atividades presenciais da Justiça do Distrito Federal e dos Territórios.

As audiências e sessões presenciais do TJDFT foram retomadas nesta terça-feira (3/11) e, também, foi comemorada pela OAB/DF. Confira reportagem sobre o assunto.

Comunicação da OAB/DF, com informações do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT)