OAB/DF empossa 102 advogados em comissões temáticas

Em cerimônia híbrida, presencial e virtualmente, foram empossados, nesta segunda-feira (26), 102 advogadas e advogados em mais de 50 comissões temáticas.

A mesa da solenidade foi composta por: Cristiane Damasceno, vice-presidente da OAB/DF; Andréa Saboia de Arruda, secretária-geral adjunta e coordenadora do projeto OAB 360°; Paulo Maurício Siqueira, diretor tesoureiro da OAB/DF; Veranne Magalhães, conselheira e presidente da Comissão de Cultura e Esporte e Lazer da OAB/DF e Rafael Oliveira, diretor-geral da Escola Superior de Advocacia da OAB/DF.

Também fizeram parte da mesa Miriam Lavocat, presidente da Comissão Especial de Reforma Tributária da OAB/DF; Bernardo Marinho, presidente da Comissão dos Advogados Integrantes das Empresas Estatais e Sociedades de Economia Mista do Distrito Federal; Murilo Castilho, vice-presidente da Comissão Especial de Reforma Tributária da OAB/DF; Gilbert Di Angellis, secretário-geral da Comissão de Empreendedorismo Jurídico da OAB/DF; Gabriela Queiroz, membro da Comissão de Direito Sistêmico da OAB/DF; Lilian Araújo, membro acadêmica da Comissão de Ensino Jurídico da OAB/DF e o Bruno dos Santos Gonçalves, membro da Comissão de Advocacia Pública dos Estados e do Distrito Federal.

COMPROMISSO

Após a execução do hino nacional, da leitura do juramento e da chamada para o termo de posse, Bruno dos Santos Gonçalves falou aos presentes sobre a honra e a pretensão de aprender cada dia mais com os membros da comissão e demais advogados. “Terei o prazer de difundir ideias, incentivar o diálogo e buscar melhores soluções em defesa da democracia e dos interesses da OAB/DF”, destacou.

Lilian Araújo comentou sobre a experiência de ser estagiária da Dra. Andrea Saboia. Segundo ela, como estudante, é “muito importante estar na OAB/DF, conhecer os profissionais do meio, aprendendo e apresentando novas ideias.”

Gilbert Di Angellis chamou atenção para a relevância da Comissão de Empreendedorismo Jurídico, que “é uma das mais importantes da OAB/DF, na medida que ela trata de temas que são afetos a toda advocacia, clientes, carreira, contratos, marketing jurídico e tantos outros temas que fazem parte dos debates diários da nossa comissão.”
Virtualmente, Tatiana dos Santos, membro da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF, ressaltou a satisfação de integrar institucionalmente a Comissão. “Não só me acolheu, como acolheu os examinandos do país inteiro. Agora podem contar comigo não só dentro da Comissão como em todas as atividades referentes à advocacia”, enfatizou.

ABDICAÇÃO

Bernardo Marinho relembrou que há uma década tomou posse na primeira comissão. “É um trabalho voluntário de abdicação que não admite atos de covardia. Essa ideia de solidariedade e de dignidade da profissão está intrínseca nas nossas atividades e é por isso que estamos aqui, para buscar a evolução da advocacia”, concluiu.

Sobre a Reforma Tributária, Miriam Lavocat lembrou que há vinte anos se discute o tema. “Por todos os fatores que tivemos ao longo da política brasileira, me parece que os dois últimos anos realmente indicam a necessidade de uma discussão de propostas para uma reforma tributária. Precisamos estar atentos e contribuir com ideias, sugestões, estudos e propor uma solução melhor sempre.”

UNIÃO

Rafael Oliveira discorreu sobre a Escola Superior de Advocacia e o trabalho conjunto com as comissões da OAB/DF. “As comissões realmente têm um papel fundamental para trazer temas de discussão muito relevantes. Então saibam que as comissões junto com a ESA são exatamente a porta de entrada que nós temos aqui na OAB/DF. Eu quero deixar as portas abertas, tragam sugestões para que possamos fomentar esse ensino jurídico através de cada um de vocês”, convidou.

Veranne Magalhães destacou a importância da cultura na identidade do país e o nicho que representa na advocacia. “A cultura é o pilar de uma sociedade. Na economia criativa, e que a cultura faz parte, circulam bilhões de reais. Então, é um nicho da advocacia muito importante e pouco explorado por nós advogados”, revelou.

INOVAÇÃO

Sérgio Garcia, presidente da Comissão de Direito dos Jogos da OAB/DF, agradeceu a oportunidade e ressaltou a característica inovadora e de aliar diversas profissões na comissão. “A OAB/DF se coloca, mais uma vez, como uma instituição proativa para a construção de parâmetros jurídicos, regulatórios, que satisfaçam também a competição e inovação em mais um mercado”.

Paulo Maurício Siqueira chamou atenção para o impacto na sociedade do trabalho executado na Casa e citou como exemplo a atuação da Comissão de Direito à Saúde. “Semana passada tivemos, finalmente, a ampliação do programa de vacinação e o afastamento de um cadastro prévio absurdo que o GDF tinha estabelecido para que se acessasse site. Isso causava segregação social das pessoas que não tinham acesso a esse meio eletrônico. Essa consequência na vida da sociedade do DF foi gerida dentro da OAB, pela nossa Comissão de Saúde, que fez o estudo técnico acompanhado pelo comitê de acompanhamento do combate da Covid”, enfatizou.

Por meio do aplicativo Zoom, Roque Antonio Carrazza, professor de Direito Tributário, participou da cerimônia destacando a Reforma Tributária e o cenário em que se encontra. “Vamos envidar os nossos melhores esforços para que, caso se realize a reforma da tributação de impostos sobre a renda, ela realmente contribua para o progresso da tributação em nosso país. Que a tributação no Brasil seja cada vez mais justa e coerente”, afirmou.

Andreia Saboia, em sua fala, destacou o papel das comissões e os assertivos resultados da Casa, que são frutos da contribuição dos colegas, que ao se engajarem acabam vivenciando uma carreira produtiva, ampliando não somente conhecimento, mas também as amizades. “As comissões têm essa natureza regimental de servir como órgãos de assessoramento do Conselho Pleno e, também, da Diretoria. E a OAB só tem conseguido atuar de forma assertiva justamente porque vocês deram esse sim, porque vocês, nobres colegas de profissão, estão aqui hoje para contribuir com as suas experiências, vontades, críticas e sugestões”, pontuou.

PROPÓSITO

Cristiane Damasceno encerrou a solenidade destacando os três pilares que pautam a sua vida. “É preciso ter uma vida de propósito, estar engajado e não estar só. A gente não pode viver só pra gente, achar que vamos passar por uma vida e não deixar nenhuma contribuição. Coloque aquilo que está em seu coração, participe. É muito cômodo sentar em um auditório como este, ver as pessoas serem protagonistas e criticar. Mas, quando tomamos as rédeas da situação e passamos a participar, a gente pode contribuir com a mudança”, ressaltou.

O espírito colaborativo foi pontuado na fala da copresidente como ingrediente principal do legado da OAB/DF. “Nós não construímos isso aqui sozinhos. Só conseguimos realizar as coisas porque nós temos advogados como vocês, que se dispuseram a ceder um pouco do seu tempo para trabalhar em prol da advocacia e da sociedade”, finalizou.

Confira aqui a solenidade na íntegra.

Texto: Esther Caldas
Fotos: Valter Zica
Comunicação OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: