OAB/DF realiza “Bate-Papo Solidário com a Advocacia”

A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF) realizou nesta quinta-feira (23/06) o evento “Alimentando a Carreira: Bate-Papo Solidário com a Advocacia” com a finalidade de dialogar principalmente com a advocacia jovem e iniciante, trazendo dicas para o início da carreira. Os participantes ao se inscreverem no evento doaram de uma lata de leite em pó, que foi destinada à ONG Amor Aquém.

A co-presidente da OAB/DF, Lenda Tariana, deu início ao evento agradecendo todos os membros da advocacia que colaboraram com o bate-papo e introduziu esse que deve ser o primeiro de vários encontros solidários na Seccional. “Nós que trabalhamos na Ordem sabemos o quanto nosso tempo é escasso, então a dedicação e a doação do tempo de todos vocês que estão aqui é muito especial. Essa é apenas a primeira edição do ‘Alimentando a Carreira’, são muitos assuntos para falar, nós que somos estudiosos da carreira temos muitas dicas para passar para vocês.”

O conselheiro Seccional e presidente da Comissão de Ciências Criminais e Tribunal do Júri da Subseção do Núcleo Bandeirante, Anderson Costa, esclareceu a concepção do evento, de poder ajudar a sociedade enquanto colabora também com a jovem advocacia. “O nosso trabalho enquanto advogados é um trabalho social. Então pensando nisso, nós conversamos e achamos que é muito importante abrir a porta para a jovem advocacia e para todo advogado que já está no mercado para sanar suas dúvidas, por exemplo: como precificar honorários? Quais os maiores desafios para ingressar em determinada área da advocacia?”

Aprimorando a advocacia

A conselheira seccional da OAB/DF, Eliete Viana Xavier, falou sobre como é atuar na advocacia pública e como lidar com os desafios da área. “A primeira dificuldade que eu vejo enquanto advogada pública é entender quem eu estou defendendo. A segunda dificuldade é que existem causas no judicial que são complexas. Dessa forma é necessário que o advogado, público ou privado, sempre se atualize e sempre tenha uma mente proativa, tentando entender o problema do cliente e não negá-lo. Nosso grande desafio é dar a solução por mais difícil que seja e isso depende do comprometimento.”

Ainda falando sobre a atuação e o mercado da advocacia, a diretora de Comunicação da OAB/DF, Raquel Cândido, deu dicas de como ser proativo e eficiente no serviço. “Todos os advogados de sucesso que eu conheço nunca param de estudar. Outra característica do advogado de sucesso é antecipar as informações do processo para o cliente, o advogado tem que passar confiança. Por fim, outro ponto importante é dizer para todo mundo que você é advogado, não deixe de espalhar sua mensagem, assim mais pessoas vão saber do seu trabalho.”

Em sequência, a secretária-geral adjunta da OAB/DF, Roberta Queiroz, falou sobre a importância de se dedicar à profissão e se aprimorar através da tentativa e erro. “Um dos grandes desafios do início da carreira é o medo da caminhada, de tomar decisões e de estar sozinho e ter que dar uma resposta para o seu cliente. Mas, tenham em mente que tudo é aprendizado, ninguém começa uma profissão sabendo tudo. Nós só perdemos o medo fazendo, e é exercendo a profissão todos os dias que conseguimos nos aprimorar.”

A vice-presidente da Comissão de Direito Previdenciário da OAB/DF, Natasha Teles, também apresentou alguns pontos que ela, assim como as outras palestrantes, entendem como essenciais para se destacar na carreira da advocacia. “O diferencial está primeiro acreditar em si mesmo, ter a visão do seu negócio, entender onde você quer estar daqui a cinco, dez anos. Saiba como você quer o seu escritório, qual a área que você se identifica, o que você quer fazer. Se valorize e se posicione nas redes sociais.”

O presidente da Comissão da Advocacia Jovem e Iniciante da OAB/DF, Lucas Kauffmann, compartilhou sua experiência e deu orientações que fizeram com que ele, como jovem advogado, tivesse destaque na área tributária. “Eu comecei a pensar no tributário enquanto eu ainda era estagiário. Eu peguei alguns clientes do escritório que eu trabalhava e comecei a elaborar as teses tributárias que já estavam sendo discutidas. É importante expor para os clientes todas as possibilidades e riscos processuais envolvidos, pois a partir dessas exposições você desenvolve confiança com o cliente e faz com que ele vá procurar você quando tiver problemas específicos na área tributária.”

Encerrando o evento, o palestrante Anderson Costa agradeceu mais uma vez a presença de todos e reforçou a ideia de que eventos como esse comprovam que a OAB/DF é uma Casa inclusiva. “Aproveitem a ESA, os cursos da OAB e as possibilidades que vocês estão tendo. A OAB hoje é inclusiva, é integrativa e ela abre a portas, seja para o estudante, seja para o advogado, seja para aqueles que só querem se atualizar.”

Fotos: Roberto Rodrigues

Comunicação OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: