Brasília, 13/6/2014 – O Tribunal Pleno do TJDFT realizou, na terça-feira (10), uma sessão especial em homenagem ao desembargador Lecir Manoel da Luz que, após 16 anos dedicados à magistratura, se aposenta compulsoriamente neste mês de junho. Representando o presidente da OAB/DF, Ibaneis Rocha, o conselheiro Leonardo Mundim prestigiou a homenagem.

O desembargador Romeu Gonzaga Neiva saudou o homenageado, em nome da Corte. Ele exaltou as qualidades do amigo e magistrado e destacou sua atuação sempre “positiva, relevante e incansável em prol da boa prestação jurisdicional”. Lembrou do início da carreira, que trilharam juntos no Ministério Público, e dos “tempos bicudos” naquele órgão. Por fim, registrou: “A história do homem está em suas ações e no exemplo de vida que lega para as gerações futuras. Seguindo fielmente este parâmetro é justo afirmar que o Desembargador. Lecir soube, com maestria singular, registrar, para sempre, seu nome na história da vida”.

Emocionado, o desembargador agradeceu as homenagens e se declarou extremamente feliz. “Sempre consegui tudo o que quis com organização e planejamento”, afirmou. Falou sobre seus planos futuros e dos anos que não lhe pesam. Ao contrário, “minha alma é 18 anos”, disse antes de finalizar, lendo o poema O Moço, de Moacir José Sacramento, e deixando uma mensagem a todos os presentes.

Ibaneis Rocha disse que o desembargador merece todos os elogios da advocacia. “Ele sempre apoiou as causas dos advogados, com presteza e atenção. Em sua carreira trilhou um caminho ético, prezando pela boa administração da Justiça e não foi mero espectador”.

Natural de Planura (MG), o desembargador Lecir Manoel da Luz é formado pela Faculdade de Direito do UniCEUB e foi aprovado nos concursos públicos para Advogado do Banco Central, Delegado de Polícia da SSP do DF, e Defensor Público, carreira inicial do MPDFT. Já no TJDFT, compôs a 1ª Turma Criminal, a Câmara Criminal, a 4ª e a 5ª Turmas Cíveis, e a 2ª e a 3ª Câmaras Cíveis. Foi membro da Comissão para estudos preliminares de aumento do quadro de Desembargadores do TJDFT, em 1998/1999; membro suplente da Comissão de Regimento Interno, em 2000; membro titular da Comissão de Jurisprudência, em 2002; presidente da comissão para desenvolver estudos voltados à realização do concurso público para os serviços de notas e de registros e do concurso para os cargos efetivos do quadro de pessoal do TJDFT, em 2005; e membro da Comissão de Justiça Moderna. Atualmente, integra a 2ª Turma Cível, a 2ª Câmara Cível e o Conselho Especial do TJDFT.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF