Brasília, 19/8/2013 – A OAB/DF encaminhou ofício ao secretário de Segurança Pública do Distrito Federal, Sandro Avelar, nesta segunda-feira (19/8), solicitando medidas emergenciais pertinentes à apuração da omissão praticada pela Polícia Militar no último domingo (18/8), antes da realização da partida de futebol entre Flamengo e São Paulo, quando torcedores flamenguistas foram agredidos pela torcida organizada do time rival, próximo a um dos acessos de entrada do estádio.

Segundo o documento, o incidente ocorrido vem corroborar com a tese de que as polícias do Distrito Federal não estão preparadas para a realização de grandes eventos em Brasília, assim como falta planejamento prévio em suas realizações. Ressalta, ainda, que diante todo este cenário se faz necessário, e de forma emergencial, uma nova visão do policiamento e da segurança pública na cidade, principalmente quanto à repressão das ocorrências nos eventos.

O ofício solicita também que a Secretaria de Segurança mantenha a OAB/DF informada sobre as medidas adotadas pelo órgão. Para isto, o presidente Ibaneis Rocha designou o conselheiro seccional e integrante da Comissão de Prerrogativas, Marcel André Versiani, para acompanhar as investigações.

Reportagem – Priscila Gonçalves
Foto – Valter Zica
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF