Brasília, 24/7/2013 – A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do Distrito Federal (OAB/DF) alerta aos advogados sobre o “Golpe da cana”, aplicado contra escritórios de advocacia do Distrito Federal e de outros estados como São Paulo e Minas Gerais.

A ação do conhecido “Golpe da Cana” funciona da seguinte forma: um cidadão, que se identifica como Sebastião Monteiro, liga para alguns escritórios de Brasília, dizendo ser representante de empregados de uma usina (gato) no Paraná. Ele alega que os obreiros estão há seis meses sem receber e que não têm confiança nos advogados locais para propositura de reclamação trabalhista.

Sebastião Monteiro afirma que prefere um advogado da capital para atendê-los, in loco, e que conseguiu uma relação de advogados de Brasília e, por isso, busca interessados no patrocínio da causa. Após o advogado aceitar a proposta, o golpista diz que o escritório de advocacia precisa montar uma estrutura local para atendimento dos reclamantes, cerca de 800 pessoas. Ele sugere que o escritório faça um adiantamento e custeie as despesas de transporte e de atendimento dos trabalhadores da zona rural para a cidade.

Por esse motivo, a diretoria da OAB/DF alerta aos advogados que desconfiem de tais propostas, para que não sofram prejuízos. Em caso de dúvida, o advogado deve entrar em contato com a Seccional, por meio de Ouvidoria, e informar o ocorrido.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF