OAB/DF COMEMORA MÊS DA MULHER COM PALESTRAS E HOMENAGENS

Brasília, 25/03/2011 – A OAB/DF comemorou o Dia Internacional da Mulher com a realização de duas palestras promovidas pela Comissão da Mulher Advogada no auditório da Seccional, na quarta-feira (23/03). Os temas abordados pela ginecologista e mastologista Aparecida Pereira e pelo cirurgião plástico Ognev Meireles foram o combate ao câncer de mama e a cirurgia plástica de reconstrução mamária. O evento contou com a presença de representantes de vários órgãos que atuam em defesa dos direitos da mulher, como a Associação das Mulheres Empreendedoras (Ame), Secretaria de Estado da Mulher, Delegacia de Atendimento Especializado à Mulher (Deam) e Rede Feminina de Combate ao Câncer, parceiros da Ordem em uma série de eventos realizados ao longo do mês. Também estiveram presentes a Procuradora Geral da União, Hélia Bettero, e a presidente da Associação Nacional dos Membros das Carreiras da Advocacia Geral da União (Anajur), Joana D´Arc Vaz De Mello. Na ocasião, foram distribuídos, aos participantes, a cartilha “Conheça e combata o câncer de mama”, idealizada pela Comissão da Mulher Advogada da OAB/DF, e o folder do Projeto Maria da Penha, de iniciativa da Ame, que oferece apoio às mulheres vítimas de violência. Os trabalhos foram abertos pelo vice-presidente da OAB/DF, Emens Pereira, que passou a direção da Mesa à presidente da Comissão da Mulher Advogada, Maria Claudia Azevedo de Araujo. “Alguém pode imaginar que em um país, cuja cadeira de chefe do Executivo é ocupada por uma mulher, existam lares onde mulheres são maltratadas, espancadas, violadas e mortas?”, indignou-se Maria Claudia. Segundo afirmou, a legislação brasileira resguarda o direito à saúde das mulheres, garantindo-lhes acesso gratuito a exame pré-natal, mamografia e cirurgia de reconstrução mamária, “porém, há um altíssimo índice de desconhecimento de doenças como o câncer de mama e de sua prevenção”. Em sua palestra, a ginecologista e mastologista Aparecida Pereira apresentou dados sobre a situação da doença, como a incidência proporcionalmente maior nas regiões sul e sudeste, com taxas de ocorrência em torno de 65 casos por 100 mil mulheres.  Também comentou a legislação que estabelece que toda mulher tem direito a mamografia gratuita a partir dos 40 anos (Lei 11.664/08). “A mamografia é o instrumento de diagnóstico mais eficiente. O câncer de mama tem cura, e é o diagnóstico precoce que aumenta as chances”, concluiu. O cirurgião plástico Ognev Meireles destacou que a cirurgia de reconstrução mamária tem proteção legal, em casos de câncer de mama, da Lei 9797/99, que obriga o SUS a patrocinar as cirurgias, e da lei 10.768/01, que estende a obrigação a convênios particulares. “A cirurgia, quando indicada e bem planejada, permite a cura da doença com muita segurança e oferece qualidade de vida e autoestima às mulheres”. Após as palestras, a presidente da Rede Feminina de Combate ao Câncer, Maria Thereza Simões Falcão, foi presenteada com um buquê de flores e uma placa em homenagem por sua contribuição, luta e exemplo à sociedade, na defesa e na propagação dos direitos das mulheres para prevenir o câncer de mama. A conselheira federal da Ordem, Daniela Rodrigues Teixeira, avaliou positivamente a realização das palestras e homenagens. “Com muita alegria participei desse evento organizado pela nossa combativa Comissão da Mulher Advogada. Espero que ao longo dos próximos anos possamos trabalhar cada vez mais para defender não só nossas colegas advogadas como todas as mulheres, para que possam exercer plenamente seus direitos e sua profissão em conjunto com as outras obrigações de mãe, esposa e dona de casa”. Reportgem – Demétrius Crispim Foto – Valter Zica Assessoria de Comunicação – OAB/DF

 


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: