Brasília, 17/2/2016 – O presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto, se reuniu na manhã desta quarta-feira (17) com o arcebispo Metropolitano de Brasília, Dom Sérgio da Rocha, que também é o atual presidente da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB). O presidente da Ordem fez a visita de cortesia para apresentar ao arcebispo algumas das principais ideias da nova gestão da Seccional em relação à atuação junto à comunidade e a movimentos sociais.

Os membros da Comissão conversaram sobre a necessária aproximação das duas entidades e sobre como o trabalho conjunto em alguns setores sociais pode surtir mais efeito para a melhoria da vida em comunidade. Há preocupações mútuas sobre diversos temas, como fiscalização do respeito à população carcerária, atendimento à população de rua, ocupação de terras públicas, combate à corrupção, entre outros.

Um dos articuladores da reunião, o advogado Melillo Diniz do Nascimento, vice-presidente da Comissão Justiça e Paz de Brasília, afirmou que o encontro foi importante para que as instituições reconheçam a importância uma da outra e identifiquem as causas em que possam trabalhar de forma alinhada e em cooperação. A reunião, segundo Diniz, foi exitosa.

Juliano Costa Couto abordou também a importância da liberdade religiosa e de culto, fazendo referência aos trabalhos já iniciados pela comissão da Ordem dos Advogados que cuida da questão. As instituições pretendem continuar a conversar para estabelecer projetos conjuntos de atuação.

Entre as atribuições da Comissão Justiça e Paz está a de estimular o exercício da cidadania e da democracia nas dimensões política, civil (com a promoção dos direitos humanos), econômica, social e cultural.

Participaram do encontro Juliano Costa Couto, presidente da OAB/DF; Dom Sérgio da Rocha, arcebispo de Brasília; Pe. José Ernanne Pinheiro, assessor eclesial da Comissão Justiça e Paz de Brasília; José Márcio de Moura Silva, presidente da Comissão Justiça e Paz de Brasília; Melillo Diniz do Nascimento, advogado e vice-presidente da Comissão Justiça e Paz de Brasília; Paulo Suzano, advogado e tesoureiro da Comissão Justiça e Paz de Brasília; e José Geraldo de Souza Júnior, advogado e membro da Comissão Justiça e Paz de Brasília.