A Seccional do Distrito Federal da OAB realizou nesta quinta-feira (16) solenidade de compromisso de novos advogados. A cerimônia foi conduzida pela presidente da entidade, Estefânia Viveiros. Foram entregues 116 carteiras para bacharéis aprovados no último Exame de Ordem. O documento é obrigatório para o exercício da advocacia.  O paraninfo da turma foi o conselheiro federal pelo DF e membro honorário vitalício da Seccional, Esdras Dantas de Souza. O orador foi André Luiz Figueira Cardoso. Em discurso, Esdras destacou a história da OAB/DF na luta pela democracia. “A Ordem sempre esteve à frente dos grandes acontecimentos nacionais”, disse. O conselheiro convocou todos os presentes para a Marcha em Defesa da Cidadania e do Poder Judiciário, em 6 de maio, contra a  Proposta de Emenda à Constituição 12/06, conhecida como “PEC do Calote”. Dantas também elogiou o mandato de Estefânia. “Estou orgulhoso de ser liderado por ela, porque esta é uma gestão que está sendo notada em todo o Brasil.” O orador, por sua vez, falou sobre a responsabilidade de honrar a história da Ordem. “Somos a primeira geração republicana que, tendo vivido no século XX e chegado a maturidade, nunca conheceu um estado de sítio”, afirmou Cardoso. “O grande papel da advocacia era o da resistência cívica contra o autoritarismo, hoje devemos ser a voz daqueles que não têm nem nunca tiveram voz.” Também fizeram parte da mesa os seguintes membros da OAB/DF: Eduardo Roriz, secretário-geral; Severino Cajazeiras; diretor-tesoureiro; e os conselheiros seccionais Ismail Gomes, Osmar Alves de Melo, George Oliveira e o ex-conselheiro Magela Carvalho. O diretor da Caixa de Assistência do DF Rudi Meira Cassel também compôs a mesa.