O presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, anunciou na manhã desta segunda-feira (25) que tomará medidas judiciais caso a Câmara Distrital escolha um nome suspeito para substituir o deputado Leonardo Prudente na Presidência daquela Casa Legislativa.   A mensagem de Caputo é reação aos rumores de que deputados envolvidos no escândalo do mensalão do DEM pretendem disputar a eleição provocada pela renúncia de Prudente. “Não podemos aceitar que deputado citado na operação Caixa de Pandora queira presidir a Câmara Distrital e, por consequência, o processo de impeachment”, ponderou o presidente da OAB/DF, confirmando a necessidade de um nome isento na Presidência do Legislativo do DF.   A renúncia de Leonardo Prudente foi recebida com cautela pela OAB/DF, embora seus dirigentes apostassem no afastamento do presidente da Câmara Distrital. “Esperávamos a renúncia, pois tomamos todas as iniciativas que estavam ao nosso alcance para garantir o afastamento de Prudente. Venceu a pressão exercida pela sociedade”, ressaltou Caputo.   Ouça na íntegra a entrevista do Presidente Francisco Caputo para o programa CBN -Comunitária.