Atualizada O advogado José Guilherme Villela, 73 anos, foi encontrado morto na noite desta segunda-feira (31) em um apartamento da Asa Sul, em Brasília. A presidente e o vice-presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros e Ibaneis Rocha, entraram em contato com a Polícia Civil para confirmar o crime. Também foram encontrados os corpos da esposa de Villela, a advogada Maria Carvalho Villela, e da empregada do casal. Estefânia e Ibaneis lamentaram as mortes e pediram rigor nas investigações. Segundo a polícia, os corpos apresentavam marcas de facadas. Os três não eram vistos desde sexta-feira. Uma neta do casal chamou um chaveiro para abrir a porta do apartamento e encontrou os corpos. José Guilherme Villela (OAB nº 201 DF) era formado em Direito pela Universidade de Minas Gerais e foi ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) na década de 1980. Ele possuia um escritório de advocacia e atuava junto aos tribunais superiores. A advogada Maria Carvalho Villela também era inscrita na Seccional (OAB nº 11005 DF).

A OAB/DF divulgará pelo site o horário do velório e do sepultamento.

Com informações do Correio Braziliense