OAB/DF PEDE BLOQUEIO DE BENS DOS ENVOLVIDOS NO MENSALÃO DO DEM

A seccional da OAB do Distrito Federal e o Conselho Federal da OAB anunciaram que pedirão na Justiça o bloqueio dos bens de todos os políticos envolvidos no escândalo do Mensalão do DEM. Uma ação civil pública, prevista para próxima sexta-feira, vai requerer a indisponibilidade dos bens do governador José Roberto Arruda (DF), deputados distritais e secretários envolvidos no escândalo conhecido como Mensalão do DEM. O presidente nacional da OAB, Ophir Cavalcante, e o presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, em reunião na sede do Conselho Federal da OAB, decidiram pela ação civil pública, mas não descartaram a Ação Direta de Inconstitucionalidade (Adin) que pretende dar velocidade ao processo de impeachment. Segundo o presidente Caputo, a medida tem poder saneador preventivo. “A iniciativa da OAB para obter do Judiciário o bloqueio dos bens dos políticos envolvidos no Mensalão do DEM é uma tentativa de recuperar ao menos uma parte do patrimônio público, na hipótese de eventual comprovação de que houve efetivo desvio de recursos do erário.”, avalia Caputo, que confirma afinidades com o presidente do Conselho Federal da Ordem. “A Ordem dos Advogados do Brasil, ao ingressar com a ação civil pública, dá nesse momento um exemplo de combate à corrupção e à impunidade, e pretende fazer com que a parte mais sensível do corpo humano, que é o bolso, seja atingida. É no bolso que vamos procurar determinar que os corruptos devolvam aquilo que retiraram da sociedade”, ressaltou Ophir Cavalcante. Ouça o pronunciamento do presidente Francisco Caputo


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: