Brasília, 16/10/2013 – O vice-presidente da OAB/DF, Severino Cajazeiras, prestigiou a comemoração dos 50 anos da Casa do Ceará em Brasília, nessa terça-feira (15). Durante o evento foi lançado um livro alusivo à data, que conta a trajetória de vida de 150 homenageados, de 55 municípios cearenses. O colaborador da OAB/DF Francisco Cavalcante tem sua história narrada na obra.

“Fiquei surpreso em ser homenageado. Cheguei em Brasília em 1975, meu primeiro emprego foi na construção civil, onde entrei como apontador de campo e cheguei a ser gerente. Depois trabalhei em contabilidade por algum tempo até ser chamado para a OAB/DF, onde estou há 19 anos na parte administrativa”, disse Cavalcante.

Severino Cajazeiras comemorou o cinquentenário da Casa. “Brasília, como se sabe, é constituída de imigrantes nordestinos e, grande parte deles, vindos do Ceará. A Casa presta muito apoio aos seus conterrâneos, não só aos cearenses, mas a todos os nordestinos. Sou paraibano e me sinto muito acolhido na Casa do Ceará”, afirmou.

Ele ainda parabenizou o funcionário da Seccional. “Hoje, nessa oportunidade, não poderia estar ausente da homenagem ao cearense e grande servidor da OAB/DF. Me sinto muito honrado em participar desse momento de alegria”.

Entre os homenageados ainda estão os ex-governadores do Ceará Tasso Jereissati, Ciro Gomes, Gonzaga Mota, Lucio Alcântara e Adauto Bezerra. “In memoriam”, foram relembrados os ex-governadores cearenses Menezes Pimentel, fundador da Casa, Paulo Sarasate e Valdemar Alcântara. A Casa do Ceará apresentou um vídeo sobre os 50 anos, elaborado pelo cineasta e professor Pedro Jorge de Castro, com depoimentos dos fundadores e ex-presidentes.

Reportagem – Tatielly Diniz
Comunicação social – jornalismo
OAB/DF