Brasília, 15/03/2011 – O secretário-geral da OAB/DF, Lincoln de Oliveira, prestigiou a apresentação do projeto de elaboração do primeiro Plano Estratégico do Ministério Público, em cerimônia realizada no auditório da Procuradoria Geral da Justiça Militar, na segunda-feira (14/03).

O planejamento será coordenado pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) e envolverá todos os ramos da instituição no Brasil, para a definição de diretrizes comuns.

A presidente da Comissão de Planejamento Estratégico do CNMP, conselheira Claudia Chagas, fez o discurso de abertura dos trabalhos. “Com esse projeto, o Conselho quer consolidar seu papel como órgão de integração de todo o Ministério Público”, frisou. Em seguida, foi feita apresentação da metodologia a ser empregada no desenvolvimento do plano estratégico.

Serão seis etapas nas quais estão previstas a realização de entrevistas com os procuradores gerais, pesquisas on-line com os cerca de 14 mil membros da instituição e encontros regionais, a partir deste mês. As diretrizes e objetivos nacionais serão definidos e divulgados até julho.

O procurador-geral da República e presidente do CNMP, Roberto Gurgel, destacou que o trabalho respeitará a autonomia e independência de cada órgão do Ministério Público Brasileiro. “Esse pacto que propomos certamente viabilizará um Ministério Público mais forte, mais maduro e mais eficiente. Somos servidores públicos a serviço da sociedade, superemos a distância e nos entreguemos juntos à desafiadora construção coletiva da instituição com que sonhamos”, convocou.

“O Ministério Público é único e precisa falar a mesma língua em todas as suas unidades e representações”, destacou Lincoln de Oliveira. “A mobilização de todo o órgão para a elaboração deste planejamento estratégico é uma resposta positiva a este novo espírito que brota na sociedade, que é compartilhado e estimulado pela OAB, de demanda por mais transparência e eficiência das instituições”.

Demétrius Crispim
Assessoria de Comunicação – OAB/DF