Brasília, 13/06/2011 – A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional do DF, promoveu nesta segunda-feira (13/06) mais uma solenidade de compromisso de novos advogados. Foram entregues 122 carteiras da OAB a bacharéis aprovados no Exame de Ordem, que prestaram o compromisso disposto no artigo 20 do Regulamento Geral do Estatuto da Advocacia e da OAB.

A cerimônia foi conduzida pelo presidente Francisco Caputo. “Gostaria de externar a alegria que todos nós da diretoria e do conselho sentimos quando recebemos um grupo tão seleto de novos advogados e advogadas nos quadros da Ordem. Este é o momento mais sublime da nossa Casa; é quando a Casa ganha um reforço de peso como o que vocês agora trarão. É um momento de renovação, de novas ideias e de novos braços que auxiliarão a Ordem a construir uma sociedade mais fraterna e justa”.

Com mais de 40 anos na advocacia, o paraninfo Lycurgo Leite repartiu com o auditório lotado um pouco de sua história e destacou a importância da ética na profissão. “Devemos utilizar todos os instrumentos permitidos na defesa intransigente da Justiça, mas jamais devemos utilizar os mesmos instrumentos para atrasar a prestação jurisdicional, porquanto a justiça tardia é uma injustiça”. Segundo ele, “a inteligência, a dedicação aos estudos e a ética não têm idade. Tanto cabe num juiz, num doutrinador, em um ministro, como também nos jovens advogados, como vocês, que com toda certeza saberão enriquecer e desenvolver a advocacia, com a finalidade de chegar o mais próximo possível do seu sonho de construir uma sociedade mais justa, com a prevalência do direito”.

Em seu discurso, a oradora da turma Milena Motta ressaltou: “Transformemos os nossos conhecimentos em arte, a arte em justiça, a justiça em esperança, a esperança em realidade, de forma a nos tornarmos também artesãos da vida”. O novo advogado Mosiah de Caldas frisou que pretende ser um bom advogado. “Quero fazer uma defesa justa e superar os meus desafios”.

Reportagem – Thayanne Braga
Foto – Valter Zica
Assessoria de Comunicação – OAB/DF