OAB/DF RELEMBRA MEIO SÉCULO DE HISTÓRIA

Uma cerimônia sóbria, mas imbuída da emoção de meio século de história, marcou as comemorações do cinquentenário da Ordem dos Advogados do Brasil no Distrito Federal. A cerimônia homenageou aqueles que ao longo dos anos deixaram marcadas suas assinaturas no livro de memórias da mais importante entidade de classe do país.
Para abrir a manhã de comemorações, neste 25 de maio, a Banda do Corpo de Bombeiros Militar do DF executou o hino nacional durante o hasteamento das bandeiras da OAB/DF, do Distrito Federal e do Brasil.
A placa comemorativa dos 50 anos foi descerrada pela diretoria da Ordem sob o olhar de muitos dos personagens que ajudam a escrever uma história que não é só da instituição, ou de Brasília, mas de todos os brasileiros.
Nascida apenas 34 dias depois da inauguração da nova capital do país, a OAB/DF participou dos principais acontecimentos da cidade e nunca se deixou abater, tampouco se entregou aos desmandos do poder central. O ano de 1983, quando a OAB/DF teve seu prédio interditado por não obedecer à Ordem da ditadura militar que proibiu reuniões públicas, foi um dos fatos mais relembrados nesta manhã de terça-feira, durante as homenagens.
A exibição da síntese do vídeo-homenagem mostrou a luta em defesa do ordenamento jurídico. Os ex-presidentes e seus representantes foram agraciados pela medalha Miranda Lima. O nome da medalha é uma homenagem ao membro honorário vitalício Leopoldo César de Miranda Filho, primeiro presidente eleito da OAB/DF.
Na cerimônia, foi lançado um selo personalizado e o carimbo alusivo aos 50 anos de criação da OAB/DF, que traduzem a história da instituição e a defesa dos direitos civis e do Estado Democrático de Direito. Para reafirmar a essência da Ordem, a simbologia do selo faz referência ao passado de lutas e mobilizações protagonizadas pela entidade, com a marca d’água que traz a foto da passeata pelo impeachment do presidente Fernando Collor.
O diretor regional dos Correios em Brasília, José Luiz Martins Chinchilla, fez o lançamento ao lado do presidente Francisco Caputo. Uma das pessoas que recebeu o álbum que contém a peça filatélica foi o funcionário mais antigo da OAB/DF, João Rocha de Paula, coordenador do arquivo da Ordem.
O encerramento da solenidade foi feito pelo diretor tesoureiro do Conselho Federal da OAB, Miguel Cançado, que representou o presidente da OAB, Ophir Cavalcante.
Leia o texto da Placa Comemorativa
Há 50 anos, inspirados pelo presidente Juscelino Kubitschek, os defensores da liberdade e do patrimônio desbravaram as terras do planalto central para a fundação da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil em Brasília.
Na data de 25 de maio de 1960, os fundadores da OAB/DF assentaram as trincheiras de uma cidadela da democracia, intransigente na defesa do pleno exercício da cidadania e dos direitos civis. Comprometidos com a dignidade humana e contra qualquer tipo de discriminação ou turbação das liberdades, os advogados do Distrito Federal celebram o cinquentenário de uma vigília que guarnece a defesa do Estado Democrático de Direito e o cumprimento das prerrogativas da advocacia brasileira.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: