Brasília, 14/01/2011 – A OAB/DF iniciou a implementação do serviço de banda larga com uso de rede de fibra óptica e roteadores em substituição ao link ADSL em uso atualmente. A troca será feita na sede da Seccional e em todas as subseções e salas de apoio ao advogado. Acesso à internet, sistemas, publicação e intercâmbio de conteúdo contarão com maior velocidade, performance e capacidade. “Tudo isso para que possamos proporcionar maior agilidade no atendimento aos advogados e disponibilizar mais serviços, com maior qualidade”, ressaltou o diretor de secretaria, Rubens Murga.

A intenção é concluir a substituição em um mês, conforme explicou o coordenador de Tecnologia da Informação da Seccional, André Fonseca. “Contratamos também o firewall, para que a troca de informações e o conteúdo armazenado na rede fiquem em segurança”, explicou.

A interligação das redes de todas as subseções e salas do advogado com a Seccional também será implantada. A operadora Oi será responsável pela prestação dos serviços. “Conseguimos isenção de taxa de assinatura e a melhor tarifa nos serviços de internet e telefonia”, informou Fonseca.

A preocupação da Diretoria da OAB/DF é proporcionar eficiência tecnológica para os serviços administrativos e para os advogados que cada vez mais precisarão dos meios eletrônicos, principalmente por causa da informatização da Justiça. “Facilitar a vida do advogado e transformar a OAB/DF como referência em tecnologia. Essa é uma de nossas metas”, destacou o presidente da Seccional, Francisco Caputo.

Posteriormente está prevista também a renovação de toda a infraestrutura de rede da OAB/DF, com a instalação do cabeamento de fibra óptica. “Hoje temos um contato muito maior com os advogados. Por esta razão, priorizamos os investimentos na área de TI”, concluiu Rubens Murga.

Demétrius Crispim
Assessoria de Comunicação – OAB/DF