A OAB/DF, por meio da Comissão de Prerrogativas, esteve presente na 24º Juizado Especial Federal informando ao juiz Rui Costa Gonçalves que os advogados estavam sendo impedidos de consultar e retirar fotocópias de processos em que os mesmos não possuíam procuração nos autos. Isso contraria o Estatuto da Advocacia e da OAB. O juiz informou à Comissão de Prerrogativas que tomaria as providências necessárias para que esse incidente não continuasse a acontecer naquela Vara. A Comissão de Prerrogativas, após o contato com o juiz, não recebeu nenhuma outra reclamação.