Segundo o Iges/DF e a Secretaria da Saúde, Eduardo Passos dos Santos tinha comorbidades e recebeu todo o suporte necessário

O advogado Eduardo Passos dos Santos, 41 anos, perdeu a batalha contra o novo coronavírus na tarde de sábado (8/8). Ele estava internado havia 10 dias em decorrência da doença. Do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), onde deu entrada, foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do Núcleo Bandeirante, por ter apresentado complicações e precisar de suporte em unidade de terapia intensiva (UTI).

– Ao lamentar a morte de Eduardo Passos dos Santos, na tarde desta segunda-feira (10/8), a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal (OAB/DF) cobrou das autoridades explicações sobre o atendimento prestado.

“A OAB/DF manifesta seu pesar pelo falecimento do advogado Eduardo Passos dos Santos, 41 anos, vítima da Covid-19 no Distrito Federal. Neste momento de consternação, oferece suas condolências e solidariedade aos familiares e amigos. Cobra das autoridades informações sobre o caso com o objetivo de apurar a real situação da saúde no estado em face da pandemia“, diz a nota divulgada pela entidade.

Reportagem publicada por Metrópoles em 10/08/20

Acesse aqui.