Entidade de classe encaminhou ofício à Polícia Civil para saber detalhes do ocorrido e das medidas para assegurar a proteção das vítimas. Descoberta do vazamento decorreu de investigações que levaram à Operação Tellus

A seccional distrital da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-DF) encaminhou um ofício ao diretor-geral da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), Robson Cândido, para pedir informações sobre a quebra do sigilo de dados pessoais de advogados. O documento, enviado na sexta-feira (25/9), menciona fatos que deram origem à Operação Tellus, deflagrada na terça-feira (23/9).

Reportagem publicada por Correio Braziliense em 26/09/20

Acesse aqui.