Segundo a OAB-DF, ampliação garante direito à ampla defesa e ao contraditório, além de assegurar às famílias notícias sobre custodiados

Para diminuir o risco de rebeliões durante a pandemia do novo coronavírus, garantir o direito à ampla defesa e assegurar informações para as famílias dos presos, a Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Distrito Federal (OAB-DF) conseguiu ampliar os agendamentos para atendimento da advocacia nas prisões do DF, incluindo a Papuda.

Reportagem publicada por Metrópoles em 18/08/20

Acesse aqui.