Três cachorros e uma gata foram encontrados por agentes da 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) em situação de extremos maus-tratos

A Polícia Civil do DF encontrou cachorros e gatos em situação extrema de maus-tratos, nesta sexta-feira (8/1), em uma casa na QNN. Agentes da 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia) fizeram o flagrante e acharam os animais acorrentados, desnutridos, com fome, sede e em meio às fezes.

Três cachorros e uma gata era mantidos em condições precárias na residência. Eles estavam com carrapatos, pulgas, sujos e muito magros. No momento do flagrante não tinha ninguém no imóvel. Em em razão disso, não houve a prisão em flagrante.

Para a vice-presidente da Comissão de Direito dos Animais da Ordem dos Advogados do Brasil, seccional-DF (OAB-DF), Ana Paula de Vasconcelos, é cada vez mais recorrente as inúmeras denúncias de casos semelhantes. “A sociedade não suporta mais esse tipo de prática”, disse.

Reportagem publicada por Metrópoles em 8/01/2021

Acesse aqui.