Brasília, 18/04/2012 – A Comissão de Direitos Humanos da OAB/DF homenageou o presidente do Conselho Federal, Ophir Cavalcante com uma placa, na terça-feira (17/04). O reconhecimento deveria ter sido feito na ocasião da palestra “Os Reflexos da Corrupção nos Direitos Humanos”, com a ministra Eliana Calmon, a que Ophir não compareceu por não estar em Brasília.

O presidente da comissão e vice-presidente da Seccional, Emens Pereira, disse que o ato de valorização do CNJ, promovido pelo CFOAB, foi o início do combate à corrupção. “Se a OAB não tivesse feito aquele manifesto nacional, o CNJ ficaria em segundo plano. A iniciativa é digna de homenagem e louvor, e hoje estamos aqui para, de forma simples, sincera, entregar esta placa”.

Ophir Cavalcante agradeceu a homenagem e disse que a Ordem é uma obra coletiva. “A palavra da OAB hoje no Brasil é muito forte. E é forte porque estamos unidos em torno de alguns ideais que estão na nossa lei e que é muito clara ao estabelecer nossa missão. Estou muito feliz em receber a homenagem e me traz um empenho maior para continuar a nossa luta”.

Reportagem – Priscila Gonçalves
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF