São Paulo, 30/03/2012 – O presidente nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Ophir Cavalcante, acaba de abrir os trabalhos da reunião do Colégio de Presidentes de Seccionais da OAB, propondo a realização de uma Campanha Nacional contra o Aviltamento dos Honorários, a ser desenvolvida entre o Conselho Federal e as 27 Seccionais em cada um dos Estados brasileiros e no Distrito Federal. A reunião foi aberta na noite desta quinta-feira em São Paulo e os trabalhos acontecem durante todo o dia de hoje (30), quando será divulgada a Carta de São Paulo.

A ideia é de que a campanha decorra de mobilizações dos advogados e que as Seccionais apresentem aos Tribunais de Justiça, Tribunais Regionais do Trabalho e à Justiça Federal documentos defendendo a importância do arbitramento dos honorários em valor não aviltante e sua garantia como verba alimentar do profissional da advocacia. Juntamente a essa campanha será acoplada também a de defesa das prerrogativas profissionais e em prol do amplo direito de acesso à Justiça e direito de defesa.

Também participam da reunião o coordenador do Colégio, o presidente da Seccional da OAB de Alagoas, Omar Coêlho de Mello, membros honorários vitalícios e a diretoria nacional da entidade, além dos dirigentes das 27 Seccionais da OAB.

Fonte: CFOAB