O dia do advogado, 11 de agosto, já representou motivo de calote para bares e restaurantes. Mas, há quatro anos, estudantes de Direito de várias faculdades do Distrito Federal lançaram o movimento Pendura Social. “O projeto pretende mobilizar os futuros operadores do Direito, os atuais magistrados e os proprietários de estabelecimentos que eram vítimas do calote”, explica a organizadora do evento, Ana Lúcia Buonafina.

Neste ano, a ação social foi na Creche Comunitária da Criança, na Ceilândia Norte. Foi servido um almoço para 300 crianças, feito com doações recebidas dos restaurantes da cidade e da OAB-DF. Além disso, houve várias atividades recreativas e distribuição de brinquedos para as crianças.