Brasília, 09/05/2013 – O plenário do Senado Federal aprovou, nessa quarta-feira (8), a indicação do advogado apoiado pela OAB/DF Esdras Dantas de Souza e também de Walter de Agra Júnior para compor o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), nas vagas destinadas à advocacia.

O Conselho Pleno da Seccional havia aprovado, por unanimidade, o apoio à candidatura de Esdras Dantas de Souza, membro honorário vitalício da OAB/DF. Depois da aprovação do Senado, os advogados serão nomeados aos cargos pela presidenta da República, Dilma Rousseff, para o mandato de dois anos no CNMP.

Confira o currículo dos indicados da advocacia ao CNMP:

– Esdras Dantas Natural de Caicó (RN), Esdras Dantas de Souza ingressou na advocacia em 1979, após graduar-se pela então Faculdade do Distrito Federal – CEUB. Pós-graduado em Direito Público Interno, já foi professor em instituições de ensino superior. Na OAB-DF, foi conselheiro seccional por cinco mandatos e presidiu a entidade de 1991 a 1995. Foi conselheiro federal por quatros mandatos consecutivos e ocupou o cargo de diretor-tesoureiro da OAB Nacional, no triênio 2001/2004.

– Walter de Agra Júnior Natural de Campina Grande (PB), Walter de Agra Júnior graduou-se pela Universidade Estadual da Paraíba em 1997, tem especialização em Direito Processual Civil e mestrado em Direito Processual pela Universidade Católica de Pernambuco. Na OAB da Paraíba, foi conselheiro seccional de 1997 a 2006 e, no Conselho Federal, atuou como conselheiro, além de presidir a Comissão Nacional de Exame de Ordem entre 2010 e 2012. Atualmente, integra a OAB Nacional como conselheiro federal.

Reportagem – Tatielly Diniz
Foto – Valter Zica
Comunicação social – jornalismo
OAB/DF