O resultado das provas prático-profissional do I Exame de Ordem de 2006 será divulgado no dia 2 de junho, às 19h. Os aprovados já poderão dar entrada na carteira profissional logo em seguida.

Os candidatos que não obtiverem êxito na avaliação terão os dias 5,6 e 7 de junho para interpor recurso

na Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB-DF.

:: Documentos necessários para a inscrição originária

Para quem for dar entrada na carteira profissional de advogado, é preciso preparar alguns documentos e apresentá-los na Comissão de Seleção e Sociedades de Advogados (CSSA). Confira: Certificado de aprovação na Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB-DF e apresentar ao dar entrada na carteira. Declaração de que não responde a processo criminal e jamais foi condenado (formulário deverá ser preenchido na Secretaria da CSSA). Diploma registrado no MEC (original e cópia). Se ainda não possuir o diploma, apresentar o Certificado de Conclusão do Curso de Direito (Colação de Grau), Histórico Escolar e Protocolo que requereu o registro do Diploma (cópias autenticadas ou apresentar cópias com originais). Comprovante de residência Declaração funcional emitida pelo departamento pessoal ou de recursos humanos ( se for servidor público federal, estadual, municipal, economia mista e fundações – original constando cargo, atribuições e lotação – quando for o caso, apresentar cópia do ato de aposentadoria/exoneração) Título de eleitor e comprovantes do 1° e 2° turno da última eleição e do referendo (cópias autenticadas ou cópias e apresentação dos originais) Certificado de reservista (cópia autenticada ou apresentar cópia com original). 03 (TRÊS) fotografias 3X4 ( recentes, de frente, iguais, reveladas em papel mate, sem brilho, coloridas, com contraste, fundo branco, roupa escura, sem data, sem marcas. Homem com paletó e gravata. Mulher com traje condizente com a profissão).

RG (cópia autenticada ou apresentar cópia com original). CPF (cópia autenticada ou apresentar cópia com original). Comprovante de pagamento de taxa de inscrição de R$50 na Tesouraria da OAB-DF.