As Seccionais do Distrito Federal e de Goiás da Ordem dos Advogados do Brasil atuarão de forma conjunta para garantir e preservar os Direitos Humanos na Região do Entorno. Representantes das duas entidades realizaram uma reunião na tarde desta terça-feira (9), em Goiânia, para estabelecer uma ação integrada nas cidades goianas próximas do DF. Será firmado um convênio para viabilizar a parceria. O presidente da comissão da OAB/DF, Jomar Alves Moreno, considerou a reunião produtiva. “As duas instituições estão preocupadas com os Direitos Humanos na região, o convênio será formalizado o mais rápido possível”, afirma. Ele conta com o apoio e interesse da presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, para levar melhorias ao Entorno. O termo deverá ser assinado em outubro, quando o Conselho Federal da OAB inaugurar uma central de atendimento ao cidadão na Subseção de Luziânia. “Hoje, o cidadão do Entorno está sem amparo, não existe nenhuma instituição que possibilite assistência no que se refere aos direitos fundamentais”, diz Jomar. Segundo ele, os maiores problemas da região são a violência policial contra o cidadão, a falta de assistência médica e a precariedade das escolas e centros de ensino. Participaram da reunião os seguintes membros da Comissão de Direitos Humanos da OAB/DF: Jomar Moreno, presidente; Flavio Lemos de Oliveira, secretário-geral; Antonio Petronilo da Costa e Raimundo de Oliveira Magalhães, membros. Da Seccional goiana participaram o presidente da OAB/GO, Miguel Cançado; o vice-presidente, Henrique Tibúrcio Peña; e o secretário-geral, Celso Benjamin.

Foto: Valter Zica/OAB-DF