A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil realizou, quarta-feira (17), a solenidade de compromisso de 73 novos advogados. Os bacharéis receberam as carteiras da OAB das mãos da presidente da entidade, Estefânia Viveiros. A cerimônia teve como paraninfo o presidente da Comissão de Acompanhamento de Debates e Estudo de Precatórios da OAB/DF, conselheiro seccional Marcos Luís Borges de Rezende. A oradora da turma foi Patrícia Lima Ferreira. Um dos momentos de destaque da cerimônia foi a entrega da carteira para o ministro aposentado do Superior Tribunal de Justiça Antônio de Pádua Ribeiro. Ele exerceu a advocacia entre 1967 e 1979, com alguns intervalos para exercícios de cargos públicos. Agora retorna aos caminhos da profissão. O ministro foi convidado pela presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, a ocupar a mesa de autoridades. Antes da entrega, foram feitos dois discursos. O paraninfo lembrou a história de luta e dignidade da Seccional. “Esta casa é um baluarte do Estado de Direito e da Democracia”, afirmou Marcos Resende. Em seguida, falou aos novos profissionais sobre as denúncias de fraude no Exame de Ordem, descobertas e investigadas pela OAB/DF, e lembrou a importância da profissão. “Advocacia é uma profissão que você pode contribuir muito para solução dos problemas sociais, sejamos solucionadores de conflito.” A oradora Patrícia Ferreira também preferiu discursar sobre o exercício profissional. “O advogado trabalha para que cada um receba o que lhe é devido, somos peça fundamental para produção da legislação”. Além dos membros da OAB/DF citados, participaram da mesa: Jacques Veloso, presidente da Comissão de Assuntos Tributários e Reforma Tributária; Luis Maximiliano Telesca, presidente da Comissão de Direitos Sociais; e os conselheiros José Gomes e Romulo Sulz Gonsalves Junior. u003cp styleu003d”margin-bottom:0cm” alignu003d”justify”>u003cfont faceu003d”Arial” sizeu003d”2″>u003c/font> u003c/p>u003c/blockquote>u003c/div> “,0] ); D([“ce”]); //–>