Seccional exige cumprimento de liminar para acesso à CLDF

A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil foi à Câmara Legislativa do DF (CLDF) para verificar se a liminar deferida, terça-feira (8), pela Justiça está sendo cumprida. O pedido foi feito pela OAB/DF por meio de habeas corpus para garantir o acesso aos espaços da Câmara destinados ao público. Entretanto, a galeria que fica ao lado do plenário e o auditório continuavam interditados. A decisão judicial foi entregue pelos conselheiros Carlúcio Coelho e André Macarini ao presidente da CLDF, deputado Cabo Patrício. “Entregamos pessoalmente a liminar para que ele não alegue desconhecimento da decisão para não cumpri-la”, disse Carlúcio Coelho. Segundo o presidente, o local ainda precisa ser periciado pela polícia legislativa, devido ao confronto entre manifestantes ocorrido na terça-feira. “O regime interno permite que, em casos de ameaças à segurança, o acesso seja proibido”, disse o deputado. “Mas nenhum regimento pode se sobrepor a uma decisão judicial”, afirmou Coelho. O conselheiro solicitou rapidez na perícia para que os espaços possam ser liberados. “Essa é a casa do povo e tem de estar aberta à participação popular”, disse Macarini. Íntegra do salvo conduto


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: