A Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil firmará um acordo com a Subsecretaria de Juventude do DF para implantar em instituições de ensino públicas e privadas o projeto Justiça Começa na Escola. O convênio será assinado na segunda-feira (19), às 10h30, na sede da OAB/DF (516 Norte). No mesmo dia, a Seccional também fará o lançamento da campanha “Voto não tem preço, tem conseqüências”, do Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral (MCCE), integrado por 33 entidades. A presidente da OAB Jovem e incentivadora do projeto Justiça Começa na Escola, Carolina Petrarca, explica que a iniciativa tem como objetivo informar professores e alunos sobre noções de cidadania. “Queremos conscientizar os jovens para que eles exerçam seus direitos e deveres de forma adequada”, diz. A parceria teve início em outubro, quando membros da OAB Jovem ministraram a palestra O Cidadão: Seus Direitos e Deveres, para alunos do Centro de Ensino Médio 804 do Recanto das Emas. O projeto Justiça Começa na Escola está pronto desde abril deste ano e aguardava apenas uma autorização para ser colocado em prática. Como a Subsecretaria de Juventude do DF já possui contato com as escolas, a burocracia é eliminada e possibilita a realização das palestras. “A gente enviava um ofício à escola e tinha que aguardar durante muito tempo pela resposta”, declara a advogada Ana Paula de Paula, integrante da Comissão OAB Jovem. As palestras serão ministradas nas próprias escolas, pelos membros da OAB/DF. Os advogados abordarão temas que vão desde o funcionamento do Poder Judiciário até os serviços de defesa ao consumidor e de proteção à criança e ao adolescente. A idéia é visitar duas instituições por mês. A próxima escola a ser visitada pelos membros da comissão da OAB/DF ainda não foi definida.