Brasília, 12/10/2014 – O relacionamento entre clientes e advogados talvez seja um dos pontos mais sensíveis do exercício da advocacia, principalmente para os advogados iniciantes. Em palestra ministrada na noite desta terça-feira (11) pelo secretário-geral adjunto e presidente da Comissão de Honorários da Seccional, Juliano Costa Couto, um quadro de como fixar bases sólidas para essa relação foi apresentado.

“Como atender ‘Sua Excelência’, o cliente”, dá orientações e aponta caminhos para que o cliente fique satisfeito com os serviços prestados por seu advogado. Costa Couto iniciou a sua explanação traçando um panorama para demonstrar a diferença da advocacia desde os anos de 1980 até os dias de hoje. Para Costa Couto, o relacionamento entre o cliente e o advogado é a peça mais importante do escritório e o cliente deve confiar plenamente no seu advogado.

Sugestões sobre como os jovens advogados podem destacar seus trabalhos dentro de um grande escritório foram dadas ao público, tais como: apresentar feedbacks e divulgar o trabalho. A transparência por parte dos advogados é peça fundamental para um bom relacionamento.

Provocar reuniões com cliente, ficar atento às novidades que podem ser de interesse do cliente, se antecipar ao pedido de informação, perguntar como pode colaborar mais no negócio do cliente e submeter seus serviços a uma pesquisa com os clientes foram algumas diretrizes dadas sobre como nutrir a relação.

No encerramento, Costa Couto deu mais orientações aos advogados e destacou o papel da OAB/DF com os jovens advogados. “Auxiliar o advogado é missão institucional da Ordem”, concluiu.

Compuseram a mesa de abertura, além de Juliano Costa Couto, secretário-geral adjunto e presidente da Comissão de Honorários da OAB/DF, e Camilo Noleto, presidente da Comissão de Apoio ao Advogado Iniciante, os seguintes conselheiros seccionais: Fernando Martins, Manoel Coelho, Elísio de Azevedo Freitas, Cristina Tubino, Cristiano de Freitas Fernandes, Luiz Gustavo Muglia, João Paulo de Sanches, Dino Andrade.

O evento foi uma iniciativa das Comissões de Honorários e de Apoio ao Advogado Iniciante. Quem não assistiu à palestra da Seccional pode vê-la no próximo dia 17, às 19h, na Subseção de Taguatinga (QI 10, Lote 54, Setor de Indústria – Taguatinga Norte).

Texto – Sussane Martins
Foto – Valter Zica
Comunicação social – jornalismo
OAB/DF