Seccional pede investigação sobre violência da PM

A Comissão de Direitos Humanos da OAB/DF solicitou a abertura de uma investigação para apurar a responsabilidade dos policiais militares que agrediram manifestantes durante ato realizado em frente ao Palácio do Buriti, em 9 de dezembro. O pedido, protocolado na tarde desta segunda-feira (14), foi encaminhado ao procurador-geral de Justiça do Ministério Público do Distrito Federal e Territórios, Leonardo Bandarra. “Nada justifica a atuação da Polícia Militar, fazendo uso do Bope, polícia montada e outras forças militares, contra os manifestantes, na sua maioria estudantes e trabalhadores”, diz o ofício assinado pelo coordenador da comissão da OAB/DF, Jomar Alves Moreno. “Por puro milagre essa atuação não gerou vítimas fatais”, completa a declaração. A OAB/DF aguarda informações solicitadas na sexta-feira à Secretaria de Segurança Pública para entrar com representações individuais no Ministério Público Militar contra cada policial responsável. A necessidade de responsabilizar os agentes envolvidos no episódio foi aprovada durante sessão do Conselho Pleno, órgão máximo da entidade, realizada em 10 de dezembro.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: