Brasília, 19/2/2016 – A OAB/DF, realizou nesta semana, o primeiro treinamento sobe o Processo Judicial Eletrônico (PJe) de 2016. A presidente da Comissão de Tecnologia da Informação, Hellen Falcão, deu dicas para que os advogados possam utilizar a ferramenta de forma mais prática e rápida.

“São inúmeras as dificuldades que os advogados encontram hoje para realizar o peticionamento eletrônico. A OAB/DF tem atuado de diversas formas. Seja junto ao CNJ na criação de funções novas, seja junto aos tribunais solicitando que sejam respeitadas as prerrogativas”, disse Hellen.

“Além de atuar dentro da Ordem, onde estamos qualificando os advogados para que eles possam ter mais conhecimento, até porque até 2018 todos os tribunais terão que ter todas as petições iniciais rodando via PJe”, concluiu. A conselheira disse ainda que até o final do primeiro semestre de 2016, todos os tribunais devem passar a utilizar o PJe 2.0, que já vem com diversas melhorias, implantadas a partir de solicitações da Ordem ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ).

No primeiro curso de 2016, foram dadas dicas de sistema, desde configuração das máquinas, utilização do Mozilla Firefox e instalação do Java, até desbloqueio de pop-up. “Depois de preparada a máquina, demonstramos como o advogado deve proceder para não ter nenhum problema, fazendo com que o Processo Eletrônico seja um bônus e não um ônus, para que ele possa servir aos advogado”, detalhou a conselheira.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF