Brasília, 07/12/2012 – Após três meses e dez dias de trabalho, em 4 de dezembro, exatamente às 17h22, o Tribunal de Ética e Disciplina bateu a meta de mil processos digitalizados. Desde 22 de agosto, todos os funcionários do TED estão envolvidos nesse projeto, executado por três pessoas, em duas máquinas digitalizadoras. O balanço do projeto, que visa agilizar o acesso, reduzir custos e melhorar o andamento dos processos, é extremamente positivo. São cerca de 330 processos digitalizados por mês. O começo foi tímido. No primeiro mês, fase de aprendizado, eram cerca de 20 processos por dia. Hoje, chega-se a até 70 processos diários. Cerca de 5.800 processos ainda precisam passar pela digitalização, fora os cerca de 40 processos que chegam por semana. Todos os processos que chegaram no TED, pela Secretaria de Instrução Ético-Disciplinar, depois de 22 de agosto, já foram devidamente cadastrados e digitalizados. Depois de digitalizar todos os processos da Secretaria de Instrução, serão digitalizados os da Secretaria de Julgamento, e, por fim, os arquivados.

Atendimento ágil
Valdeci Araújo, responsável pela digitalização, afirma que o projeto é um grande desafio “Eu vi a oportunidade de fazer algo diferente. Futuramente será muito mais cômodo para o advogado ter acesso aos processos”.O advogado que tiver interesse na digitalização de algum processo pode fazer uma solicitação no TED. O processo digitalizado será disponibilizado para ele em um pen-drive. “A longo prazo, o advogado não precisará vir à OAB/DF para ter acesso ao processo e com isso diminuirá o fluxo de pessoas no balcão, agilizando o atendimento”, ressalta Juliana Sebusiani, diretora do TED.
Reportagem – Nádia Mendes
Foto – Valter Zica
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF