VII Conferência contribuiu com a democracia e com a Justiça

Brasília, 03/06/2011 – Depois de três dias de debates, palestras e homenagens, o presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, avaliou, na quinta-feira (02/06), a VII Conferência dos Advogados do DF, realizada nos dias 31 de maio, 1º e 02/06, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. “Podemos dormir hoje com a consciência tranquila de que organizamos um evento extraordinário sob todos os aspectos”.

O presidente elogiou a organização, o ambiente e os debates do evento. “A qualidade técnica dos palestrantes é indiscutível, os melhores do Brasil, cada qual na sua área de conhecimento. Prestamos justíssimas homenagens a um dos maiores advogados do Brasil, o Dr. José Guilherme Vilella, e também ao maior jurista brasileiro vivo, o Dr. José Carlos Moreira Alves. Recebi do público as melhores referências a esses dias que vivemos aqui. Creio que podemos ter a certeza de que realizamos a melhor conferência de todos os tempos da Ordem dos Advogados do Brasil”.

O secretário-geral da Seccional, Lincoln de Oliveira, enfatizou: “Posso dizer hoje a todos os advogados do DF que foi um dos trabalhos mais frutíferos que já pude presenciar na OAB. Os debates de mais alto nível, todos os painéis fantásticos, com membros e professores realmente voltados para os destinos de nossa instituição. Todos demonstraram a preocupação dos advogados com sua função social no exercício da profissão”. Lincoln externou agradecimentos ao presidente Caputo, por ser o presidente da conferência e pela sensibilidade que teve para a realização do evento. “Não adianta nada uma comissão trabalhar um ano em um projeto e não ter apoio para sua realização; e nós tivemos desde o primeiro dia até o encerramento. Tudo isso só traz alegrias. Posso dizer que estou realizado na missão que me foi confiada”.

O presidente do Tribunal de Ética e Disciplina (TED) da OAB/DF, Claudismar Zupiroli, demonstrou admiração pelo professor Celso Antônio Bandeira de Mello. “Fomos brindados com um presente: a apresentação magnífica feita por aquele que é seguramente um dos maiores juristas do mundo”. Para Zupiroli, “terminamos uma conferência e começamos uma nova luta, que é contestarmos em todas as instâncias o Código de Processo Civil que querem nos impingir”.

De acordo com a presidente da Subseção de Taguatinga, Maria Conceição, a VII Conferência foi excelente. “Os palestrantes escolhidos trouxeram assuntos muito produtivos. Parabenizo a equipe que organizou um evento de que os advogados de Brasília sentiam faltam. Foi de grande valia. Também parabenizo o nosso presidente Caputo, que deu essa oportunidade para os advogados”.

“Foi muito boa essa conferência. A OAB/DF foi feliz nas convocações de palestrantes”, ressaltou o conselheiro federal Délio Lins e Silva. “No curso dos trabalhos ocorreram painéis interessantíssimos e tivemos a oportunidade de registrar várias ofensas ao nosso código de prerrogativas”. A conselheira da OAB/DF, Maria Claudia Azevedo de Araujo, afirmou que a conferência foi um grande começo. “Temos de levantar alguns pontos como o da sustentabilidade, o de sermos contra a reforma do CPC e a função social do advogado. O que aconteceu nos três dias foi apenas uma sementinha, e sempre que tivermos a oportunidade, vamos regá-la. Como o advogado é um cidadão respeitado, tem voz na sociedade, tem de mostrar do que é capaz, além de ajudar a construir uma democracia e uma Justiça melhores”.

Reportagem – Thayanne Braga e Priscila Gonçalves
Assessoria de Comunicação – OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: