Brasília, 13/08/2014 – O presidente da Seccional da OAB do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, expressou nesta quarta-feira (13) o sentimento de pesar da advocacia diante do falecimento do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República, Eduardo Campos, vítima de acidente aéreo em Santos, SP. “O Brasil perde um grande político, uma liderança inconteste que representava uma nova geração comprometida com o desenvolvimento do país. Que Deus o guarde e dê conforto à família”, disse. A OAB/DF observará luto oficial por três dias.

Eduardo Campos tinha 49 anos, era casado e deixa cinco filhos. Ele estava a bordo de um avião modelo Cessna 560XL, prefixo PR-AFA, que partira do Rio de Janeiro e tinha sete pessoas a bordo. O aparelho caiu entre as ruas Alexandre Herculano e Vahia de Abreu, no bairro Boqueirão, na zona leste de Santos. Chovia e ventava no momento do acidente. Terceiro colocado nas pesquisas de intenção de voto, Campos tinha compromissos de campanha no litoral paulista nesta quarta.

Comunicação social – jornalismo

OAB/DF