Caputo discute implantação do PJe-JT com presidente do TST

Brasília, 15/02/2012 – O presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, reuniu-se nesta quarta-feira (15/02), no Tribunal Superior do Trabalho (TST), com o presidente da Corte, ministro João Oreste Dalazen, e com o presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 10ª Região (TRT10), desembargador Ricardo Alencar, para tratar da implantação, no Distrito Federal, do Processo Judicial Eletrônico da Justiça do Trabalho (PJe-JT). O encontro foi convocado por Dalazen, que solicitou o apoio da advocacia para contribuir no aperfeiçoamento do sistema. Também participaram o presidente da Associação dos Advogados Trabalhistas do DF (AAT/DF), Nilton Correia, e o vice-presidente da Subseção do Gama, Almiro Cardoso Farias Júnior.

O PJe-JT é a versão do sistema (PJe), adotado em âmbito nacional pelo CNJ, adaptado às peculiaridades do processo trabalhista e implementado gradualmente na Justiça do Trabalho de todo o país. A previsão é de que em 2012 seja instalado em 10% das varas. “Será uma implantação progressiva, gradual, mas muito segura”, ressaltou o ministro, que também destacou a perfeita integração do sistema com os que estão em funcionamento nos outros ramos do Judiciário e no Executivo. “A Justiça começa a sentir a necessidade de ter a presença do advogado nas suas atividades, o que não vinha acontecendo em relação ao processo eletrônico até a recente implantação da Comissão de Informática e Estatística do Conselho Federal da OAB”, observou Nilton Correia.

Francisco Caputo endossou o apoio da Ordem e frisou a importância de a advocacia tomar parte na difusão do sistema que viabilizará o peticionamento e o trâmite processual por meio de computadores. “A participação dos advogados é fundamental para o sucesso e o desenvolvimento desse sistema. A presidência do TST consolida com isso sua compreensão sobre o caráter imprescindível do advogado para a realização da justiça. De nossa parte faremos tudo para difundir as vantagens do processo eletrônico para a advocacia e a importância da certificação digital para o pleno usufruto dessa ferramenta”.

O lançamento do PJe-JT no DF está previsto para 21 de março e acontecerá na Vara Trabalhista do Gama. Até lá, o judiciário trabalhista se encarregará de capacitar funcionários e advogados para a operação do sistema, com o apoio da Ordem.

Reportagem – Demétrius Crispim Ferreira
Foto – Valter Zica
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: