Advogado, em julho será implantada a versão 2.0 do PJe

Atenção advogado, no próximo dia 17 de julho, será implantada a versão 2.0 do Processo Judicial Eletrônico (PJe) em todas as serventias de 1º e 2º graus do Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDFT) que já operam com o sistema. No dia 1º de setembro, o PJe chegará a 48 novas serventias do TJDFT. Assim, alcançará todas as varas cíveis, de família, de órfãos e sucessões, de registro público, de meio ambiente e de falências que ainda não funcionam por meio do processo eletrônico. Para baixar o cronograma de implantação, clique aqui.

A nova versão do PJe simplifica o uso do aplicativo, é mais intuitiva e apresenta uma interface mais limpa e agradável para o usuário. O número de cliques será reduzido e também o tempo necessário para a exibição dos conteúdos. Em setembro, o PJe será implantado em 48 novas varas e 12 Serviços de Distribuição, de 19 Fóruns do Distrito Federal. Veja quadro abaixo.

O PJe está sendo implantado no TJDFT desde julho de 2014, tendo iniciado em alguns Juizados Cíveis e sendo estendido a várias outras serventias. Em setembro de 2016, alcançou a 1ª e a 2ª Câmaras Cíveis e, em outubro, as oito Turmas Cíveis. Para saber onde o PJe já está implantado, baixe o arquivo “Aqui tem PJe”, que também informa os locais das salas de atendimento a advogados e partes nas questões relativas ao sistema PJe. Se o usuário preferir, ele pode optar pela facilidade do Chat Online para tirar suas dúvidas e obter informações técnicas acerca do sistema. O serviço funciona das 8h30 às 18h30 e não fornece informações processuais, senão unicamente aquelas relativas ao sistema PJe.

 

PJe do TJDFT evolui a fim de melhor atender os advogados

A Comissão de Tecnologia da Informação da OAB/DF acompanha o TJDFT no dia a dia de suas operações para ficar a par de todas as novidades e assim melhor auxiliar os advogados. Edilberto Petry, presidente da Comissão, conta que o Tribunal está em franca expansão. “A equipe responsável pela implantação do PJe no âmbito deste Tribunal não tem medido esforços para a implementação de novas funcionalidades e de expansão da implantação nas demais varas remanescentes, as quais ainda não foram contempladas no sistema judicial eletrônico”.

Veja AQUI a atual situação do PJe nas varas do TJDFT, assim como a localização das salas de atendimento aos advogados e partes.

O presidente conta ainda que a Comissão acompanha de perto a missão dos técnicos do Tribunal, e tem sido testemunha da competência e dedicação com que é realizada a implantação e manutenção da estabilidade do sistema. Deste modo é possível garantir a credibilidade do PJE e permitir mais celeridade aos atos judiciais, assim como facilitar a atuação do advogado.

As varas dos juizados cíveis especiais de Ceilândia já tiveram seus autos físicos totalmente digitalizados. Lá, foi possível verificar a estabilidade dos sistema, não só na operação do dia-a-dia, como também dos autos físicos digitalizados, sem a ocorrência de relatos de problemas com os mesmos. “Estaremos acompanhando a evolução da implantação de forma a apoiar e garantir que os advogados não tenham problemas na operação, tendo garantidas suas prerrogativas também no âmbito eletrônico”, afirma Edilberto Petry.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: