Distrito Federal tem 1,7 mil novos advogados

O número de advogados na capital federal cresce de forma progressiva. Somente em 2007, 1.771 novos profissionais receberam a carteira da Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Isso representa um acréscimo de 15,07%, ou 232 inscrições, em relação ao ano passado. Em 2006, foram entregues 1.539 carteiras para bacharéis aprovados no Exame de Ordem. Os dados não levam em conta os registros de novos estagiários e nem dos operadores do Direito que retornaram à advocacia. Nesse ritmo, o DF caminha para entrar 2008 com um quadro de 19.726 advogados registrados em situação regular e 1.853 estagiários de Direito com carteira da Ordem. Na opinião da presidente da Seccional, Estefânia Viveiros, apesar de ser um número expressivo, não significa exatamente que o mercado esteja saturado. “O bacharel pode seguir carreira como delegado, promotor, juiz, advogado da União ou seguir para a advocacia privada”, explica Estefânia. A tendência na advocacia privada, de acordo com especialistas, é que os profissionais se associem cada vez mais para dividir custos e clientes. Um diferencial em Brasília, é que aqui estão concentrados todos os tribunais superiores. Isso faz com que os grandes escritórios do país decidam por ter representação no DF, estimulando o mercado local.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: