EXAME DE ORDEM: ÍNDICE DE APROVAÇÃO SOMENTE APÓS RECURSOS

Brasília, 9/12/2010 – O presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF, Marcelo Jaime Ferreira, destacou nesta quinta-feira (9/12) que o Exame de Ordem 2010.2 é o primeiro realizado pela FGV e ainda está em fase de andamento. Na quarta-feira (8/12), o presidente do Conselho Federal, Ophir Cavalcante, determinou a recorreção das provas prático-profissionais em razão de equívoco constatado pela organizadora nos espelhos de resposta. “Somente após a divulgação do resultado preliminar dessa recorreção e do julgamento dos recursos, que poderão ser interpostos pelos candidatos que se sentirem prejudicados, será possível aferir o índice de aprovação neste Exame”, explicou Marcelo Jaime.

O presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF também ressaltou que a Seccional se une ao Conselho Federal e à Fundação Getúlio Vargas (FGV) em busca de constante aperfeiçoamento do Exame de Ordem. “Queremos a aplicação de provas realmente inteligentes, que atinjam seu objetivo final de aferir a qualidade técnica do bacharel em Direito que se propõe a exercer a advocacia”.

O que se pode afirmar sobre o Exame de Ordem 2010.2, segundo Marcelo Jaime, é que a mudança da instituição que aplica a prova demonstrou, até agora, que a Ordem dos Advogados do Brasil está no caminho certo. “Os estudantes elogiaram a qualidade da prova, tanto na primeira fase, como agora na segunda fase. O índice de aprovação na primeira fase passou de 27% para 48%, demonstrando que a prova aplicada foi inteligente, sem ‘peguinhas’”, avaliou. Porém garantiu que “a OAB/DF não se furtará em buscar a pronta correção de rumos quando for necessário, tudo de modo a garantir ao candidato e à sociedade transparência, qualidade e eficiência em todo o processo”.

O Exame de Ordem é composto por duas fases. Na primeira, é aplicada uma prova objetiva, de múltipla escolha, com 100 perguntas. Na segunda, os examinandos passam por uma avaliação subjetiva, prático-profissional, com uma peça a ser elaborada e cinco questões discursivas. É um exame de proficiência profissional que visa garantir à sociedade um nível mínimo de qualidade no serviço prestado pelos novos bacharéis que, semestralmente, saem das faculdades de Direito.

Assessoria de Comunicação – OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: