OAB/DF sugere formas para enfrentar o problema dos precatórios

Destinar 5% dos recursos do Fundo de Participação de Estados e Municípios para o pagamento dos precatórios em atraso. Esta é a sugestão que o presidente da Comissão de Acompanhamento de Estudo e Debate de Precatórios da OAB/DF, Marcos Luiz Borges de Resende, e a presidente Estefânia Viveiros levam nesta terça-feira (3) ao presidente da OAB – Conselho Federal, Roberto Antonio Busato, para resolver o problema de inadimplência dos governos. Segundo Marcos Resende, é necessário pressionar o governo e o Congresso para conseguir uma solução. “Só no Distrito Federal são dez anos sem pagar os precatórios. Isso está se transformando em uma coisa institucionalizada. É preciso tomar providências”, explica ele. Também farão parte da equipe que visita o presidente Busato o conselheiro Walter do Carmo Barletta, e Cristiano de Freitas Fernandes, integrante da Comissão de Precatórios.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: