OAB/MA: Invasão da OAB/DF foi atentado contra a cidadania

O presidente da Seccional maranhense da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), José Caldas Gois, repudiou hoje (05) a atitude do Ministério Público Federal e da Justiça Federal, que concederam autorização para que policiais federais invadissem, na última segunda-feira (03), a sede da Seccional da OAB do Distrito Federal, a fim de apreender documentos. Para Caldas Góis, a invasão tratou-se de “um ato de violência, um atentado contra a cidadania e contra a própria Justiça, com o claro objetivo de intimidar a OAB”. A seguir a íntegra da manifestação da OAB maranhense:“A arbitrariedade cometida pela Polícia Federal e pelo Ministério Público fere a dignidade da OAB e constitui-se numa afronta ao Estado Democrático de Direito. Foi um ato de violência, um atentado contra a cidadania e contra a própria Justiça, com o claro objetivo de intimidar a OAB. Repudiamos, com veemência, a operação, ao mesmo tempo em que manifestamos a nossa solidariedade aos dirigentes da Seccional do Distrito Federal”.


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: