A presidente da OAB/DF, Estefânia Viveiros, foi na tarde desta terça-feira (1) ao velório dos advogados José Guilherme Villela e Maria Carvalho Villela. O casal foi velado no cemitério Campo da Esperança. “O doutor Villela era um dos mais conceituados advogados de Brasília, com atuação marcante nos tribunais superiores; e era, com sua esposa, orgulho para a Ordem dos Advogados”, afirmou Estefânia.

Os dois advogados e a governanta Francisca Nascimento da Silva foram encontrados mortos na noite de segunda-feira (31), no apartamento em que residiam, na 113 Sul. A OAB/DF entrou em contato com a Polícia Civil e acompanha o caso. De acordo com a delegada-chefe da 1ª DP, Martha Vargas, a polícia tem suspeitos e deve esclarecer o crime em breve.

Além da presidente, foram ao velório os diretores da Seccional Ibaneis Rocha (vice-presidente), Eduardo Roriz (secretário-geral) e Félix Palazzo (secretário-geral adjunto). Também estiveram no local os ex-presidentes da OAB/DF Francisco Lacerda Neto, Moacir Belchior e Antonio Carlos Sigmaringa Seixas; os conselheiros federais Evandro Pertence e Roberto Caldas; e os conselheiros seccionais Aluísio Xavier de Albuquerque, Osmar Alves de Melo e Leon Frejda Szklarowsky.

Carreira José Guilherme Villela atuou na defesa do ex-presidente da República Fernando Collor de Mello no processo de impeachment, no Congresso Nacional. Ele foi ministro do Tribunal Superior Eleitoral de 1980 a 1986 e há mais de 45 anos atuava como advogado em Brasília. Maria Carvalho administrava o escritório Villela Advogados Associados, fundado em 1960.