Brasília, 18/05/2012 – A OAB/DF apresentou na quinta-feira (17/05), durante sessão do Conselho Pleno, uma campanha institucional que difunde as vantagens e os benefícios que decorrem da contratação de um advogado pelos cidadãos. A campanha pretende popularizar a procura por escritórios de advocacia e demonstrar que, em inúmeros casos, a presença de um advogado é garantia de sucesso e proteção.

Além de alertar para os riscos de contratos celebrados sem a assessoria de um profissional do Direito, a campanha esclarecerá que o papel do advogado vai além dos tribunais e pode ter importante desempenho em várias circunstâncias da vida de seus clientes. Conforme explicou o presidente Francisco Caputo, o grande objetivo da campanha é estimular a advocacia preventiva e conseqüentemente aumentar a procura por advogados e reduzir os litígios.

A iniciativa foi louvada pela conselheira da OAB/DF, Maria Claudia Azevedo de Araujo, que manifestou a importância da campanha e sugeriu mais divulgação sobre a advocacia preventiva para evitar litígio, que é um processo muito demorado e desgastante. “Se existe a consulta para diversas áreas e setores, porque não a consulta ao advogado?”

Caputo reiterou o propósito da OAB/DF de incentivar esse procedimento e que a expectativa é de que o efeito seja bastante positivo. “Queremos mostrar a relevância do advogado na contratação de bens e serviços para evitar prejuízos e aborrecimentos e criar a cultura de se consultar um profissional do Direito sempre que se for promover qualquer transação”.

Peças publicitárias

A ideia é mostrar o advogado como fator essencial na viabilização de qualquer empreendimento. A mensagem principal sugere: Contrate com segurança, consulte um advogado. Em seguida, traduz: Entregue seus interesses em boas mãos. O advogado é a pessoa indicada para efetivar seus direitos.

A campanha é composta de quatro peças publicitárias. Uma para publicação em jornal impresso, outras três para front ligth, confecção de cartazes e adesivos. Os adesivos serão entregues ao iniciante junto com a carteira de advogado e enviados pela revista Voz do Advogado. Também estão previstas ações de adesivação nos tribunais. “A ideia é fazer com que o próprio advogado e sua família vistam a camisa da valorização profissional”, disse Caputo.

Reportagem – Helena Cirineu e colaboradores
Comunicação Social – Jornalismo
OAB/DF