Brasília, 24/3/2014 – A Seccional da OAB do Distrito Federal, por meio da Comissão da Mulher advogada, promoveu, no último sábado, a “II Caminhada das Advogadas pela Igualdade de Gênero e o Fim da Violência Contra a Mulher”.

A presidente da comissão, Ilka Teodoro, avaliou que o evento cumpriu seu propósito e contou com um público de 150 pessoas. Segundo ela, o evento foi o passo inicial para a discussão dos temas na Ordem. “O cenário atual não é o que a gente considera ideal, apesar de ter aumentado o número de mulheres no mercado de trabalho, há diversos tipos de discriminação que têm por base a questão do gênero. A participação é pequena, ainda é pouca, isso é um longo caminho a percorrer”.

Ilka diz que o foco da comissão será a discussão da igualdade de gênero, o fim da violência e a defesa da mulher advogada. A Comissão tem procurado fazer parcerias com instituições e órgãos como a Câmara dos Deputados, a Secretaria da Mulher e Varas de Violência Doméstica.

O diretor tesoureiro da Seccional, Antonio Alves, disse que a mulher tem conseguido espaço na advocacia a ‘passos largos’. “As mulheres são a maior parte dos novos advogados, há vários anos, a mulher já é maioria dentro das OABs. Outra coisa que evidencia isso claramente são as posses em concursos para juízes e promotores. A maioria dominante é de mulheres”. Ele afirma que existe um atraso nessa ocupação, mas que será recuperado em breve pelo perfil atual da mulher, que, segundo ele, é de foco e garra.

As participantes puderam, ainda, ter serviços de alongamento, massagem, aferição de pressão e glicemia. As advogadas caminharam ao som do grupo de percussão feminino Batalá.

Também participaram da caminhada o vice-presidente da OAB/DF, Severino Cajazeiras, a secretaria-geral, Daniela Teixeira, o presidente da OAB nacional, Marcus Vinicius Furtado, o conselheiro federal Aldemário Araújo, o ex-presidente da Seccional e conselheiro do CNMP, Esdras Dantas, e o presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, Ricardo Peres, além de vários conselheiros seccionais.

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF