Efetivação dos direitos é destaque em entrega de carteiras

Brasília, 9/4/2014 – “Façamos da Constituição Federal, do Estatuto da Advocacia e do Código de Ética as balizas a guiar nossa atuação. Vejamos em nossos clientes não apenas uma fonte de honorários, mas um cidadão que a nós recorre ante à violação ou não reconhecimento de um direito, em busca de Justiça, e que deverá merecer todo o nosso esforço e dedicação”, disse a oradora Roberta Henkes Thompson Flores, durante solenidade de entrega de carteiras, nesta quarta-feira (9).

O presidente da OAB/DF, Ibaneis Rocha, lembrou aos novos advogados que a Ordem dos Advogados continua sendo uma instituição em que toda a sociedade confia. “Nós precisamos manter isso. A grande missão do advogado é trabalhar para que se mantenham todas as liberdades”, afirmou. “Nós temos a obrigação de levar adiante aquele projeto de Brasil que foi instaurado com a Constituição de 1988, nós temos que defender e efetivar os direitos. E vocês, a partir desse momento, tem esse dever de lutar pela efetivação de todos os seus direitos”.

O desembargador eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal, Josaphá Francisco dos Santos foi paraninfo da turma.

entrega_9-4-14_11-199x300Confira os planos, expectativas e metas na nova jornada profissional da oradora Roberta Henkes Thompson Flores, 24 anos.

 

 

[efsnotification type=”” style=”” close=”false” ]

Por que você escolheu ser advogada?
Antes de tudo, eu nunca fui pressionada pela minha família em relação a fazer Direito, por nenhum motivo. Por parte de pai meus avós eram advogados. Meu pai, meu tio e meu irmão mais velho seguiram carreira. Minha mãe também é advogada. Eu sempre fui muito motivada a seguir essa carreira, vendo o sucesso deles. A gente já tem escritório, então sempre foi um curso que eu foquei.

Como você se vê profissionalmente daqui a 10 anos?
Eu pretendo continuar advogando. Nos meus estágios eu trabalhei no escritório do meu pai e do meu irmão, que são sócios, desde o primeiro semestre. Então já tenho alguma experiência. Já estou advogando e pretendo continuar como advogada no escritório com eles. Eu gosto muito de família e sucessões e estou focando em um mestrado em Direito de Família e Direito Civil.

Para você, qual o papel da Ordem na sua jornada profissional?
Eu acho que é um suporte muito grande para os estagiários, formandos em Direito e advogados. Um suporte de defesa de todas as prerrogativas que a gente tem como advogados. Tem também diversos cursos, que eu inclusive fiz alguns durante a faculdade.

[/efsnotification]

 

Comunicação social – jornalismo
OAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: