OAB/DF já está preparada para apoiar o XXXI Exame de Ordem no dia 6 de dezembro

A prova será aplicada das 13h às 18h (horário de Brasília). Pela Seccional do Distrito Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/DF)  o plano de atuação já está montado: advogados devidamente identificados com o crachá da Comissão de Estágio e Exame de Ordem (CEEO/DF) vão trabalhar em grupos para fiscalizar a aplicação do certame. O propósito é “garantir a lisura do concurso, verificando se os malotes com as provas estão lacrados e também prestar suporte ao examinando”, explica a presidente do colegiado, Mariana Lagares de Paula.

Todos os detalhes desse dia são importantes, desde o entrar em todas as salas para desejar uma boa prova, mostrando que a OAB/DF está presente nesse momento fundamental, a atender as dúvidas referentes à aplicação e às normas impostas pela banca no edital. “A finalidade é garantir um atendimento isonômico a todos”, detalha Mariana.

A Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado já divulgou os locais da prova prático-profissional (2ª fase), que podem ser consultados por meio da página oficial do EOU.

Confira aqui os locais de prova.

Examinandos e examinandas deverão comparecer ao local designado para a realização da prova com antecedência mínima de duas horas. A Coordenação Nacional do Exame de Ordem Unificado publicou um comunicado com alterações no edital que devem ser consultados para adequada realização da avaliação.

Consulte aqui o Edital de Retificação.

Veja aqui o Aditivo de Edital divulgado pela Coordenação Nacional.

CUIDADOS A SEREM RIGOROSAMENTE OBSERVADOS 

Em função da pandemia causada pelo coronavírus, o ingresso no local de realização das provas será condicionado à utilização de máscara de proteção individual que cubra totalmente e simultaneamente boca e nariz, bem como a aferição de temperatura.

O examinando que estiver com temperatura corporal acima de 37,8ºC não poderá realizar a prova prático-profissional.

Além dessas medidas, os candidatos que optarem por não fazer a prova nessa data estarão automaticamente inscritos no próximo exame, ou seja, os candidatos que não realizarem a segunda fase do XXXI Exame, em 6 de dezembro, vão realizar a segunda fase do XXXII Exame em cronograma a ser divulgado posteriormente.

Veja aqui a publicação na página da OAB Nacional com essas instruções.

ENTREVISTA COM A PRESIDENTE DA CEEO/DF

Mariana Lagares de Paula, presidente da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF (CEEO/DF), traz mais detalhes quanto à atuação da Seccional nesse processo em entrevista a seguir. Confira!

1. Como atua a Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF? 

Mariana Lagares de Paula: A Comissão tem a competência de fiscalizar e de aplicar o Exame de Ordem Unificado. Verifica se houve o preenchimento dos requisitos exigidos aos examinandos no momento do pedido de inscrição.  A Comissão, também, realiza a análise de cada exame de ordem, inclusive aspectos como grau de dificuldade tanto da primeira quanto da segunda fase, e faz a emissão de parecer ao Conselho Federal opinando por melhorias e até pela anulação de questões, se for o caso. Outra função é difundir e defender as atividades decorrentes do estágio profissional da advocacia (o estagiário vinculado à OAB).

2. Como  funciona a Comissão no dia da aplicação do Exame de Ordem?

Mariana Lagares de Paula: A partir de 2019, quando a atual diretoria da Comissão assumiu, passamos a exercer um olhar diferenciado em relação ao examinando. Chegando antes da abertura dos portões, tanto na primeira quanto na segunda fase, todos os advogados da comissão, devidamente identificados com crachá, vamos verificando se os malotes com as provas estão lacrados e, também, já prestamos suporte aos examinandos. No início, vamos entrando em todas as salas e já desejando uma boa prova. O importante é mostrar que a OAB/DF está presente nesse momento tão fundamental na vida de todos ali. Assim, estamos prontos e sempre dispostos para tirar as dúvidas, desde as normas impostas pela banca no edital até orientar e garantir um atendimento isonômico a todos. Fiscalizamos todo o processo de aplicação do certame a fim de garantir a lisura do concurso.

3. Como é a parceria com o Conselho Federal e FGV na aplicação dessas provas?

Mariana Lagares de Paula: O Conselho Federal da OAB e a Fundação Getulio Vargas trabalham de mãos dadas com as Comissões de Estágio e Exame de Ordem dos Conselhos Seccionais, pois a verdadeira função do Exame de Ordem é proteger a sociedade e não deve ser visto como mera prova de conhecimento, mas, sim, como um instrumento essencial para a efetividade da prestação jurisdicional dos cidadãos.

4. Quantas pessoas participam da comissão e quantas estarão presentes na aplicação da prova no domingo?

Mariana Lagares de Paula: Atualmente a Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF conta com 28 membros. No próximo dia 6 de dezembro, teremos 25 advogados inscritos para ajudar na fiscalização e no suporte ao examinando.

5. Como a senhora avalia o trabalho que a comissão vem desenvolvendo?

Mariana Lagares de Paula: A Comissão de Estágio e Exame de Ordem vem desenvolvendo algo novo na história da OAB/DF. Foi possível a aproximação do estagiário e do examinando com a OAB. Criamos o primeiro curso de Prática Forense para Estagiários Jurídicos, desenvolvido em parceria com a Escola Superior da Advocacia (ESA). Em meio à pandemia, a Comissão já fez inúmeras lives no insta @estagioeexamedeordemdf com dicas para o Exame de Ordem. Trabalhamos com professores renomados. Por fim, tem essa presença dos advogados no certame gerando mais segurança ao examinando.

Comunicação OAB/DF

Texto: Montserrat Bevilaqua e Neyrilene Costa (estagiária sob supervisão de Montserrat Bevilaqua), com informações da Comissão de Estágio e Exame de Ordem da OAB/DF (CEEO/DF) e OAB Nacional.

Imagem de capa: OAB Nacional


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: