Brasília, 23/2/2016 – A diretoria do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil e os conselheiros federais pelo Distrito Federal tomaram posse solene na noite desta terça-feira (23/2), em cerimônia em Brasília. O evento reuniu autoridades dos três poderes da República. Em um discurso crítico em relação ao governo federal e ao Congresso Nacional, o presidente Claudio Lamachia atacou a ideia de recriação da CPMF. Ideia, segundo ele, própria “de quem vê um povo famélico e o manda comer brioches”.

O presidente nacional voltou a defender o afastamento do presidente da Câmara, Eduardo Cunha, e criticou a volta do senador Delcídio Amaral às atividades. Claudio Lamachia afirmou que a OAB fará uma defesa intransigente das prerrogativas da magistratura, assim como fez historicamente. Mas ressaltou que o exercício dessas prerrogativas tem de respeitar os limites constitucionais, inclusive no que diz respeito aos vencimentos. De acordo com ele, a Ordem continuará seguindo o caminho da independência. “A OAB não é do governo, nem da oposição, mas sim do cidadão”, afirmou.

O Distrito Federal está duplamente representado nesta gestão, na diretoria nacional e no Conselho Federal. Ibaneis Rocha, ex-presidente da Seccional no triênio 2013-2015, é o novo secretário-geral adjunto da entidade que representa quase 950 mil advogados. A Seccional do DF também terá os conselheiros federais Severino Cajazeiras, Carolina Petrarca, Felix Palazzo, Manuel de Medeiros e Marcelo Lavocat Galvão.

Depois de agradecer a confiança e o apoio que obteve para fazer um trabalho exitoso na Seccional, Ibaneis prometeu honrar cada um dos votos e a vontade de cada um dos advogados do Distrito Federal. “Sempre terei um foco atento aos destinos da advocacia para ajudar os colegas a exercer sua profissão com cada vez mais qualidade e independência. Trabalharemos para dignificar mais ainda a advocacia brasileira”, afirmou o ex-presidente da Seccional.

0-11-1227890703 (1)O presidente da OAB/DF, Juliano Costa Couto, que foi secretário-geral adjunto da gestão Ibaneis Rocha, afirmou que o fato de que o ex-presidente ocupar um cargo na diretoria confere não apenas prestígio para a Seccional, mas ajuda a fazer com que as questões que afligem os advogados brasilienses sejam tratadas com mais atenção.

“Ganha, sem sombra de dúvidas, a advocacia do Distrito Federal e nossos mais de 34 mil advogados inscritos. Eu, como presidente, estarei à disposição para concretizar todos os projetos que serão apresentados. Será uma honra iniciar este mandato ao lado do presidente Ibaneis Rocha. Temos muito trabalho duro pela frente, mas o caminho já foi devidamente iluminado por ele”, afirmou Costa Couto.

O presidente da Seccional do Distrito Federal saudou ainda cada um dos outros cinco conselheiros federais que representam a OAB da capital da República e disse que confia no trabalho de um time tão bem preparado e que conhece o funcionamento de uma instituição complexa como a Ordem dos Advogados do Brasil.

Além do presidente Cláudio Lamachia, a nova diretoria empossada é formada pelo vice-presidente Luis Cláudio da Silva Chaves, pelo secretário-geral Felipe Sarmento Cordeiro, pelo secretário-geral adjunto Ibaneis Rocha e pelo diretor tesoureiro Antonio Oneildo Ferreira. A cerimônia de posse foi realizada no Centro de Convenções Ulysses Guimarães.

A maior parte dos conselheiros seccionais da OAB/DF compareceu à cerimônia, além da vice-presidente Daniela Teixeira, do secretário-geral Jacques Veloso, do secretário-geral adjunto Cleber Lopes.Posse 2

 

Confira o currículo dos novos diretores do Conselho Federal da OAB

Claudio Pacheco Prates Lamachia (presidente):

Foi vice-presidente do Conselho Federal da OAB na gestão 2013/2016. Por duas oportunidades, entre 2007 e 2012 foi presidente da OAB-RS, sendo reeleito em 2009 com 82% dos votos. Em 2012, no final de sua segunda gestão, uma pesquisa nacional apontou 93% de aprovação dos advogados do Rio Grande do Sul ao dirigente.

Luís Cláudio Chaves (vice-presidente):

Na seccional mineira foi assessor da Caixa de Assistência dos Advogados, presidente da OAB/Jovem, conselheiro suplente, conselheiro titular, presidente da Comissão de Exame de Ordem, diretor tesoureiro, vice-presidente e presidente de 2010/2012. Foi presidente da OAB-MG nas gestões 2010/2012 e 2013/2015. No âmbito do Conselho Federal, na gestão 2013/2016, foi membro da Comissão Especial para Elaboração do Selo OAB; presidente da Comissão Especial de Direito de Família e Sucessões; e membro da Comissão Especial sobre o Desastre Ambiental de Mariana/MG e consequências.

Felipe Sarmento (secretário-geral):

Na gestão 2007/2010 do Conselho Federal, Felipe Sarmento foi membro da Comissão Nacional de Apoio aos Advogados em Início de Carreira e da Comissão Especial de Defesa do Quinto Constitucional e Aprimoramento do Judiciário. Na gestão 2010/2013 integrou a Comissão Especial de Precatórios e a Comissão Especial de Defesa do Quinto Constitucional e Aprimoramento do Judiciário. Na gestão 2013/2016 atuou como Presidente do FIDA – Conselho Gestor do Fundo de Integração e Desenvolvimento Assistencial dos Advogados e presidiu a Comissão Especial de Gestão Participativa e Descentralização Administrativa.

Ibaneis Rocha (secretário-geral adjunto):

Foi vice-presidente da OAB-DF no período de 2008/2009. Ocupou o cargo de Secretário-Geral da Comissão Nacional de Prerrogativas do Conselho Federal da OAB na gestão 2007/2010. Foi eleito Presidente da OAB-DF para o triênio 2013/2015. Na gestão 2013/2016, no Conselho Federal da OAB, foi membro da Comissão Especial de Defesa dos Honorários da Advocacia Pública. No âmbito da Seccional brasiliense, presidiu a Comissão de Direitos Humanos e também a Comissão de Prerrogativas Profissionais.

Antônio Oneildo Ferreira (diretor-tesoureiro):

Foi eleito presidente da Seccional da Ordem dos Advogados do Brasil de Roraima por quatro mandatos consecutivos (2001/2003, 2004/2006, 2007/2009 e 2010/2012). Foi presidente da comissão que analisou e emitiu parecer sobre projeto de lei complementar que criou, organizou e estruturou a Defensoria Pública do Estado de Roraima, além de ter atuado como membro de importantes comissões da OAB/RR, como de Defesa dos Direitos e Prerrogativas Profissionais e dos Direitos da Criança e do Adolescente. Foi diretor tesoureiro do CFOAB e do FIDA Conselho Gestor do Fundo de Integração e Desenvolvimento Assistencial dos Advogados na gestão 2013/2016.