Duzentas mudas nativas do cerrado marcam a criação do Espaço do Advogado

Brasília, 19/11/2011 – Com o plantio de 200 mudas nativas do cerrado, a Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Distrito Federal – criou, na sexta-feira (18/11), o Espaço dos Advogados. A área fica dentro do Bosque de Desenvolvimento Rural e Sustentável, localizado na Granja do Torto. Com essa iniciativa a OAB/DF materializa a sua responsabilidade socioambiental, conforme compromisso assumido pela entidade na VII Conferência dos Advogados, realizada em maio deste ano.Segundo o presidente da OAB/DF, Francisco Caputo, esse foi um momento histórico para a Ordem. “A inauguração desse espaço é a comprovação de que a defesa do meio ambiente se conforma com o desenvolvimento social”, afirmou. Expressou ainda sua preocupação com o país que será deixado para as gerações futuras. “Atividades como essas são fundamentais para a garantia de uma vida sustentável do nosso planeta”, assegurou Caputo. O presidente da Comissão de Direito Ambiental da OAB/DF, Getúlio Humberto, reafirmou o compromisso da entidade com a proteção e recuperação do meio ambiente no DF. “A partir de agora os moradores dessa região poderão perceber uma área recuperada, mais urbana e humanizada”, afirmou. A idealização do Espaço do Advogado surgiu do compromisso assumido pela OAB/DF, em neutralizar o carbono produzido em função das atividades realizadas durante a VII Conferência dos Advogados de 2011. O local para a implantação do espaço foi disponibilizado pela Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural. Com a denominação Carbono Zero, esse projeto de neutralização foi planejado pela Agência Brasileira de Meio Ambiente e Tecnologia da Informação (Ecodata), entidade não governamental que atua na preservação e recuperação do meio ambiente. A Agência levantou os diagnósticos e fez a conversão de CO2 emitidos durante a Conferência, equivalendo ao plantio de 100 árvores nativas do Cerrado. Entretanto, o presidente da OAB e a Comissão de Direito Ambiental da Ordem optaram por plantar o dobro, 200 mudas. “Ficamos felizes em poder implantar esse espaço, ver essa neutralização sendo concretizada, comprometendo ainda mais a OAB na defesa do cerrado”, afirmou Caputo.Durante a inauguração do Espaço dos Advogados, foi assinado um Acordo de Cooperação Técnica entre a OAB/DF e os órgãos envolvidos com a preservação do meio ambiente, por meio de ações sustentáveis nas atividades produtivas, dentre estes, Secretaria de Agricultura e Desenvolvimento Rural, Agência Brasileira de Meio Ambiente e Tecnologia da Informação (Ecodata) e Rede de Sementes do Cerrado.O convênio tem como objetivo a realização de pesquisas, ensino, intercâmbio de informações técnico-científicas, desenvolvimento e prestações de serviços cooperativos integrados em áreas de interesse comum, em especial aqueles ligados à recuperação de áreas degradadas, à produção de mudas, e às atividades de educação ambiental. Segundo o presidente da Ecodata, Donizete Tokarski, essa iniciativa demonstra à sociedade que é possível realizar ações para melhorar a qualidade de vida das pessoas e, ao mesmo tempo, reafirmar a importância da aprovação da PEC 115/95, que inclui o bioma cerrado como Patrimônio Nacional.O secretário de Agricultura e Desenvolvimento Rural do DF, Lúcio Valadão, homenageou os servidores que se dedicam à produção das mudas. “é uma equipe bastante esforçada. Eles fazem um trabalho muitas vezes anônimo e incansável. São nossos heróis se dedicando na recuperação ambiental do DF”. O evento contou também com o apoio da Emater/DF, da Ceasa/DF e da Novacap.Reportagem – Thayanne Braga e Helena CirineuFoto – Rebecca OmenaComunicação Social – JornalismoOAB/DF


Fique Informado

Fale Conosco


SEPN 516 Bloco B Lote 7 | Asa Norte | Brasília/DF | 70770-522 - Salas do Advogado

[email protected] - [email protected] - (61)3036-7000

Parceiros: